NOTÍCIAS
16/09/2015 20:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:40 -02

Forte terremoto atinge o Chile e autoridades emitem alerta para tsunami na região

MARTIN BERNETTI via Getty Images
Women remain at a street during a strong quake in Santiago on September 16, 2015. A strong 7.2-magnitude earthquake struck the center of Chile on Wednesday, local seismologists said, triggering a tsunami alert, sparking panic and shaking buildings. AFP PHOTO /MARTIN BERNETTI (Photo credit should read MARTIN BERNETTI/AFP/Getty Images)

Um forte terremoto, de magnitude 8,3, atingiu a capital do Chile, Santiago nesta quarta-feira (16) fazendo os prédios tremerem e as pessoas buscarem por abrigo nas ruas. Vários tremores secundários ocorreram e um alerta de tsunami soou no porto de Valparaíso.

O governo chileno fez um apelo para que moradores deixem a região costeira. Segundo o prefeito de Illapel, localizada perto do epicentro do terremoto, pelo menos uma pessoa morreu e cerca de 15 ficaram feridas.

Há relatos de que o tremor pôde ser sentido na capital da Argentina, Buenos Aires, e em São Paulo. Segundo informações da Folha de S.Paulo, o Corpo de Bombeiros recebeu cerca de 50 ligações referentes a tremores na avenida Paulista, Tatuapé (zona leste), Vila Mariana (zona sul), e em Osasco e Guarulhos (ambas na Grande SP). Não há informações sobre danos ou feridos no Brasil.



Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, o epicentro do tremor foi no mar, a cerca de 55 km de Illapel, e teve uma profundidade de 33 km.

As autoridades chilenas emitiram um alerta de tsunami para toda a costa do país e do Peru e as autoridades dos EUA emitiram um alerta de tsunami para o Havaí. Também foi alertado que grandes ondas causadas pelo terremoto podem atingir a costa a partir das 23h.



Histórico

O Chile situa-se em uma das extremidades de uma área conhecida como "Anel de Fogo" do Pacífico, compondo uma região bastante propensa aos efeitos de movimentos telúricos. Terremotos de sete graus ou mais têm potencial para causar graves danos em áreas habitadas.

Um terremoto de 8,8 graus e um tsunami que atingiram o Chile em 2010 mataram mais de 500 pessoas, destruíram 220 mil casas e desapareceram com docas e resorts na costa. O terremoto liberou tanta energia que acabou encurtando a duração de um dia na Terra em uma fração de segundo, ao alterar a rotação do planeta.

O terremoto mais forte já registrado no mundo ocorreu no Chile - com uma magnitude de 9,5 graus, matou mais de 5 mil pessoas em 1960. Fonte: Associated Press.


Terremoto no Chile


*Com Estadão Conteúdo

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: