NOTÍCIAS
16/09/2015 15:43 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Brasil escolhe duplas para o vôlei de praia na Olimpíada do Rio

Agatha/Barbara e Evandro/Pedro Solberg foram confirmadas nesta quarta-feira como as segundas duplas brasileiras que irão disputar os Jogos Olímpicos do Rio no próximo ano. Eles se juntarão a Larissa/Talita e Alison/Bruno Schmidt, que já estavam garantidos. O anúncio desta quarta, realizado na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB), no Rio, praticamente põe fim ao sonho da dupla Ricardo/Emanuel de tentar repetir o ouro olímpico conquistado em Atenas, em 2004.

A dupla medalhista olímpica, porém, ainda tem chances de disputar os Jogos do Rio. Eles foram escolhidos como reservas pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). No feminino, Juliana/Maria Elisa também ficarão como opção para o caso de alguma das duplas não poder disputar a Olimpíada.

brasil 1

Larissa/Talita

"A decisão foi única e exclusivamente da CBV. Não houve nenhuma interferência externa", afirmou Fúlvio Danilas, diretor de vôlei de praia da CBV. "A CBV decidiu antecipar o anúncio previsto para janeiro porque não teremos mais eventos internacionais até o fim do ano, e a antecipação vai permitir às equipes aprofundarem sua preparação para a Olimpíada."

Evandro/Pedro Solberg estão em segundo lugar no ranking masculino do circuito mundial - eles estão atrás de Alison/Bruno Schmidt -, mas havia a possibilidade de não serem escolhidos pela CBV devido a um critério subjetivo de escolha. Recentemente, a própria entidade afirmou que levaria em conta "uma série de fatores", não se atendo necessariamente ao ranking.

brasil 4

Agatha/Barbara

Nesta quarta, porém, Danilas garantiu que a escolha das duplas passou por critérios bem objetivos. "Foi uma decisão eminentemente técnica. Não houve nenhum evento fora do normal, não teve nenhuma dupla que deixou de participar de vários eventos por motivos externos. Avaliamos ranking, participação em eventos do circuito mundial e todas as partidas que nossas equipes enfrentaram contra duplas de outros países", afirmou.

brasil 2

Alison/Bruno Schmidt

Confirmado nos Jogos, Pedro Solberg não escondeu o alívio. "Eu venho esperando por este momento há muito tempo. Estive próximo nas duas últimas olimpíadas e não consegui, e agora chegou meu momento. Estou junto com meu parceiro (Evandro), e estou muito feliz com esse momento. Estou num grau de felicidade enorme."

Agatha também demonstrou estar exultante. "É um sonho que está começando a se realizar. Todo atleta sonha em ir para uma Olimpíada, e é nosso primeiro degrau, meu e da Bárbara, que está se oficializando aqui", comentou. Já Bárbara destacou que agora o foco são os Jogos do Rio. "O planejamento vai caber à nossa equipe decidir, mas é claro que o fato de, já tendo passado os torneios da corrida olímpica, a gente vai ter um intervalo maior, mas sem muito descanso", afirmou.

Segundo Fúlvio Danilas, a CBV dará apoio igual a titulares e reservas. "A CBV dará apoio total às seis equipes igualmente, para que tenhamos quatro equipes que estejam no seu máximo nos Jogos, e para que as equipes reservas tenham totais condições de disputarem a competição na eventualidade de alguma dupla não poder participar."

brasil 3

Evandro/Pedro Solberg

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: