NOTÍCIAS
15/09/2015 15:22 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Bilionário egípcio negocia compra de duas ilhas na Grécia para refugiados

BULENT KILIC via Getty Images
Children eat a snack as Syrian refugees and migrants gather near the highway on the way to the Turkish-Bulgarian border at Edirne on September 15, 2015, in Edirne. Over half a million migrants have crossed the European Union's border so far this year, up from 280,000 in 2014, the bloc's Frontex border agency said -- but warned some people may have been counted twice. AFP PHOTO/BULENT KILIC (Photo credit should read BULENT KILIC/AFP/Getty Images)

O bilionário egípcio Naguib Sawiris anunciou nesta segunda-feira (14) que está negociando a compra de duas ilhas na Grécia para instalar milhares de refugiados que fogem da Síria e de outras zonas de conflito.

No início de setembro, o empresário havia proposto à Grécia e à Itália comprar uma ilha para acolher migrantes. "Eu lhes darei trabalho na construção de seu 'novo país'", anunciou em sua conta do Twitter.

Desde o início deste ano, mais de 430 mil pessoas, sobretudo sírios, atravessaram o mar Mediterrâneo com a esperança de chegar à Europa, fugindo da pobreza e de violentos conflitos. Quase 2.800 morreram tentando, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

"Identifiquei duas ilhas na Grécia (...) Atualmente estou em contato com seus proprietários. Estamos dispostos a negociar com estes últimos com a condição de que a Grécia dê sua autorização para acolher ao maior número possível de refugiados", declarou Sawiris nesta segunda-feira em um comunicado do Twitter.

"Esperamos o sinal verde da Grécia para começar as gestões administrativas visando a chegada de refugiados", completou.

Sawiris também disse que se reunirá com representantes do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) para discutir possíveis formas de cooperação.

Além disso, o bilionário destacou que uma das ilhas se chamaria Aylan, em referência ao menino sírio afogado no mar e cujo corpo foi arrastado até as areias de uma praia da Turquia, uma tragédia que comoveu o mundo todo.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: