COMPORTAMENTO
11/09/2015 20:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Falamos com três vampiros de verdade sobre sangue, desejo e fome

Flickr/anieto2k


Vampiros existem. Eles não brilham no sol, mas ficam doentes se não se alimentam, e a pele deles provavelmente é melhor que a sua. Sugadores da vida real são palestrantes, programadores e artistas que podem estar sentados do seu lado no metrô. Como a gente tende a ser muito puritano, eles têm medo de revelar seu status de vampiro para seus médicos, que estão encorajando o público a aceitar mais isso; assim, esses seres diferentes e seus doadores podem discutir suas trocas sanguíneas com o pessoal da saúde.

Para saber mais sobre isso, saí numa caçada a vampiros. Conhecia Galatea*, uma vampira sang de 29 anos de Londres, que sofre com a sede de sangue caso não se alimente. Sang é uma gíria para sanguinária, o que quer dizer que ela se alimenta de sangue real, diferentemente dos que preferem energia e elementos psíquicos. "Muita gente coloca os vampiros psíquicos em sua própria categoria, mas isso é uma solução prática para quem consegue usar essa habilidade. O que um vampiro procura é energia. Que é o que realmente há no sangue", me explicou Galatea. Também falei com Pixie, uma usuária de sangue e energia de 22 anos de Seattle, e Arycin, um vampiro político de 25 anos de Long Island, que atualmente está se sustentando de energia do cosmo, mas que gostaria mesmo de arranjar um doador de sangue. Arycin explica que a comunidade sang local é um saco; então, se algum vampiro "no armário" de Long Island estiver lendo isso, se revele nos comentários.

vampiro

VICE: Oi, Pixie. Como é seu estilo de vida vampiro?

Pixie: Tenho dois estilos de alimentação. Primeiro, sou uma vampira de energia. Eu me alimento do excesso de energia ao meu redor. Geralmente, se faço isso com algumas pessoas em vez de [fazer] com um grande grupo, essa pessoa ou pessoas acabam ficando letárgicas. Alimentar-se em excesso de uma única pessoa, pelo menos na minha experiência, pode levar a uma depressão leve. Logo, você tem de tomar cuidado para não se alimentar muito de um só indivíduo.

O segundo estilo é mais tradicional, o sanguinário. Sangue. Geralmente, vampiros têm apenas um estilo de alimentação e, se não se alimentam, ficam letárgicos, preguiçosos e imóveis. Tenho o benefício de ter um segundo estilo de alimentação; então, isso não acontece comigo com frequência. É difícil achar uma vítima disposta – odeio dizer vítima, um sujeito disposto – que vá deixar você se alimentar através do sangue e também passar por testes para garantir que o sangue é seguro.

Se você não se alimentou, isso fica visível?

Sim, é bem visível. É muito parecido com uma pessoa que não come há dias.

[Continue lendo aqui]

LEIA MAIS:

- Os góticos do Amazonas viverão para sempre, mas você não

- Por dentro do mundo luxuoso das bruxas mais ricas da Romênia

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: