ENTRETENIMENTO
09/09/2015 16:20 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:35 -02

Conheça o argentino que criou o Popcorn Time

federico abad

O criador do site Popcorn Time revelou sua identidade. Ele é um designer de 29 anos residente do bairro de San Cristobal, em Buenos Aires. Federico Abad criou o Popcorn Time com um MacBook dentro de seu quarto, na capital argentina.

“Aqui na Argentina a internet é muito lenta. Filmes chegam ao cinema um semestre depois do lançamento nos Estados Unidos”, contou Abad ao Dagens Næringsliv, noticiário da Noruega.

“Eu queria ver um filme, mas não podia. O que eu poderia fazer? Eu só queria resolver um problema”, resume Abad. Foi com essa ideia que nasceu o Popcorn Time, apelidado por muitos de “Netflix pirata”.

O processo de produção foi de apenas algumas semanas. Desde o começo, o objetivo era de produzir um software que fosse fácil de usar. A ideia era permitir que os usuários pudessem ver um filme com poucos cliques.

Abad afirmou que todos os métodos para obter um filme eram complicados demais. “Minha mãe não conseguiria usar. Ela não poderia começar a assistir a um filme que ela quisesse. Quando desenho algum produto, ela é meu caso de estudo. Se ela não puder usar, ninguém pode usar”, disse.

No desenvolvimento, Abad foi auxiliado por outros programadores locais que eram conhecidos seus. Depois que o projeto ganhou escala, os outros desenvolvedores saíram. Os argumentos eram que o Popcorn Time havia se tornado algo grande demais.

Com o tempo, Abad percebeu que as demandas locais que fizeram o projeto nascer eram, na verdade, globais. “Não esperávamos que os Estados Unidos e outros países com internet mais veloz também sofressem com tudo isso. As pessoas diziam ‘nós temos os mesmo problemas e vocês resolveram isso’”.

Polêmica

Como era de se esperar, o Netflix pirata atraiu uma legião de fãs – mas outra de inimigos. Diversos países bloqueiam o acesso ao serviço. Produtoras de filmes também não esconderam seu desprezo pelo Popcorn Time.

Juan José Campanella, diretor do premiado O Segredo dos Seus Olhos, criticou o criador do Popcorn Time em sua conta do Twitter em 2014. “Parabéns Sebastián, criado do Popcorn Time. É um ladrão argentino a mais para a nossa longa lista”, escreveu Campanella. Na época, Abad usava Sebastián como pseudônimo.


Netflix

O criador do Netflix pirata diz ser um grande fã do Netflix original. “Eu amo o Netflix. Pago por ele. Mas seu catálogo na Argentina é absolutamente terrível”, disse ele.

Isso dá combustível para uma das principais brigas da empresa americana. Reed Hastings, CEO do Netflix, já falou sobre esse objetivo diversas vezes. A ideia é poder oferecer o mesmo conteúdo em qualquer lugar do mundo.

“A chave sobre pirataria é que uma fração dela é porque usuários não conseguem acessar o conteúdo desejado. Essa parte nós podemos arrumar”, disse ele.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:



MAIS STREAMING NO BRASIL POST:

5 dicas para você usar melhor a Netflix