COMPORTAMENTO

O que ser canhoto diz sobre a sua personalidade

08/09/2015 12:20 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02

  • Ser canhoto e sua saúde
    NITO100 VIA GETTY IMAGES
    Não há como negar. Os canhotos são sempre os diferentões.

    Claro, eles fazem parte de cerca de 10% da população, mas, francamente, parece que a sociedade se esqueceu deles.

    Basta considerar todos os aparelhos que existem para destros, mesas com desenhos esquisitos e utensílios de cozinha feitos confortavelmente apenas para quem usa a mão direita.

    O que faz com que alguém se torne um canhoto? Os cientistas não têm muita certeza, mas as pesquisas apontam para uma colaboração complexa entre os genes e o meio ambiente.

    Embora nenhum conjunto exato de "genes de canhotos" tenha sido descoberto, as pessoas que utilizam predominantemente a mão esquerda têm mais familiares canhotos.

    E pesquisadores descobriram diferentes ligações cerebrais em destros e canhotos.

    Independentemente do que leva alguém a usar a sua mão antípoda, a ciência também descobriu um determinado conjunto de traços de personalidade que as pessoas canhotas tendem a ter.

    Então é hora de rever o seus conceitos sobre os canhotos e ajudar a pôr fim à discriminação de uma vez por todas.
  • Canhotos sofrem um risco maior de psicose
    ARDA SAVAŞCIOĞULLARI VIA GETTY IMAGES
    Os canhotos compõem cerca de 10% da população.

    Mas pesquisadores descobriram que em populações com alguns transtornos mentais essa taxa aumenta.

    Estudos anteriores revelaram que as pessoas com psicose têm uma probabilidade 20% maior de serem canhotas. Uma pesquisa mais restrita, publicada na revista SAGE, revelou que a taxa de canhotos psicóticos pode ser ainda maior.

    Pesquisadores da Universidade de Yale em New Haven, Connecticut, e do Centro Médico Southwestern da Universidade do Texas, em Dallas, avaliaram 107 pacientes em clínicas psiquiátricas ambulatoriais.

    Entre aqueles com transtornos de humor, como depressão ou transtorno bipolar, a taxa de pessoas canhotas ficava na média -- cerca de 11%.

    Mas entre psicóticos, tais como aquelas com esquizofrenia ou transtorno esquizoafetivo, a taxa de pessoas canhotas foi de 40%, bem acima da média.

    Os pesquisadores teorizam que a lateralidade cerebral desempenha um papel importante.
  • A escolha de mão pode determinar a sua saúde
    DRAGONIMAGES VIA GETTY IMAGES
    Cientistas também descobriram um aumento do risco para dislexia e TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), e certos transtornos de humor em pessoas canhotas, de acordo com um estudo de 2010 publicado na Revista Pediatrics.

    Os pesquisadores ainda não têm certeza como explicar esse fenômeno, mas muitos acreditam que está relacionado à forma como o cérebro está conectado.

    Sua cuca está dividida em duas partes: o lado esquerdo e o lado direito. A maioria das pessoas (tanto destros quanto canhotos) usa o hemisfério esquerdo do cérebro para tarefas como o funcionamento da linguagem.

    Mas 30% dos canhotos são ou parciais para o hemisfério direito ou não têm hemisfério dominante.

    Segundo os cientistas, ter um hemisfério dominante é muito mais eficiente, razão pela qual alguns canhotos correm mais riscos de deficiências de aprendizagem e distúrbios cerebrais.

    Mas os canhotos podem ter sorte quando se trata de outras condições de saúde: o resultado de uma grande pesquisa publicada na Revista Laterality descobriu que eles tinham menores taxas de artrite e úlceras.
  • Os canhotos ouvem discursos de forma bem diferente
    SAM EDWARDS VIA GETTY IMAGES
    Pessoas que usam a mão esquerda enquanto estão escutando podem ouvir mais facilmente sons que mudam lentamente do que os que usam a mão direita, de acordo com um estudo do Centro Médico da Universidade de Georgetown.

    Os pesquisadores que conduziram o estudo, apresentado no Neuroscience 2012, descobriram que o hemisfério esquerdo e direito do cérebro especializam-se em diferentes tipos de sons.

    O hemisfério esquerdo, que controla a mão direita, gosta de mudanças de sons rápidas como as consoantes, enquanto o hemisfério direito, que controla a mão esquerda, gosta de mudança de sons lentas, como sílabas.

    De acordo com os pesquisadores, se você está acenando uma bandeira ao ouvir um candidato presidencial, o discurso vai soar um pouco diferente para você segurando a bandeira com a mão esquerda ou com a direita.

    A pesquisa pode resultar em tratamentos mais eficientes para acidentes vasculares cerebrais ou distúrbios de linguagem.
  • Os neandertais canhotos eram minoria, também
    PASCALOU95 VIA GETTY IMAGES
    A tendência a ser destro não é apenas um fenômeno moderno: temos usado mais a mão direita por mais de 500 mil anos.

    Pesquisadores da Universidade do Kansas determinaram recentemente qual era a lateralidade dos seres humanos antigos, estudando - curiosamente – os seus dentes.

    O estudo, que foi publicado na revista Laterality, descobriu que quando os nossos tatara-tatara-tatara-tatara-(você entendeu)-tataravôs processavam as peles de animais, eles seguravam um lado da carcaça com uma mão e o outro com sua boca.

    Ao localizar o desgaste nesses dentes pré-históricos, os cientistas foram capazes de determinar se os nossos ancestrais pré-históricos estavam usando a mão esquerda ou a mão direita mais dominantemente.

    "Tudo que você precisa é ter um único dente, e você pode dizer se os nossos pressupostos estão certos - se o indivíduo é destro ou canhoto", disse o pesquisador David Frayer, Ph.D., ao LiveScience. Os resultados?

    "Os fósséis são assim como os humanos -- somos, em maioria, destros, e eles também eram"
  • Os canhotos são melhores artistas
    GERI LAVROV VIA GETTY IMAGES
    Os canhotos têm se gabado sobre a sua influência criativa há anos. Mas será que é verdade - que ser canhoto significa que você também tem mais chances de ser artístico ou inovador?

    De acordo com uma pesquisa publicada no American Journal of Psychology há alguma evidência que diz que as pessoas canhotas são superiores em pelo menos uma faceta criativa: eles são melhores em pensamentos divergentes, um método de geração de ideias que explora muitas soluções possíveis.

    Para determinar se os canhotos eram mais propensos a seguirem carreiras criativas do que os destros, as pessoas por trás do Left-Handers Club (um grupo pró-canhotos dedicado à pesquisa e desenvolvimento de produtos) entrevistou mais de 2.000 canhotos, destros e ambidestros.

    Eles descobriram que os canhotos tendem a ser atraídos e encontrarem vantagens em carreiras nas áreas das artes, da música, dos esportes e da tecnologia.

    Mas isso também pode levar a salários mais baixos: de acordo com uma reportagem do Wall Street Journal, os salários dos canhotos são 10% mais baixos em média do que o dos destros.
  • Nós votamos em canhotos!
    SAUL LOEB VIA GETTY IMAGES
    Não importa a orientação política: uma surpreendente porcentagem de presidentes recentes dos EUA é de esquerda (em termos de escolha de mão, é claro).

    A longa lista de líderes canhotos inclui quatro dos últimos sete governantes - o presidente Obama, Bill Clinton, George H. W. Bush, e Gerald Ford, bem como os ex-presidentes James Garfield e Harry Truman.

    Na verdade, há um boato de que Ronald Reagan nasceu canhoto, mas professores rigorosos o converteram a destro quando ele era jovem.

    Será que futuros presidentes destros deveriam fingir? Nossa propensão para presidentes canhotos é provavelmente pura coincidência.

    Mas um recente estudo holandês sugere que políticos canhotos realmente têm vantagem em debates televisivos.

    As pessoas tendem a associar gestos destros como "bons" e canhotos como "ruins", de acordo com os pesquisadores.

    A televisão exibe as imagens espelhadas, então os canhotos são os únicos que parecem fazer gestos com a mão direita (a mão do "bem").
  • Os canhotos vão ganhar de você no esporte
    ANDREW REDINGTON VIA GETTY IMAGES
    A lenda do golfe Phil Mickelson, o ás do tênis Rafael Nadal, o campeão de boxe Oscar de la Hoya - você sabia que um número relevante de estrelas favoritas nos esportes é canhoto?

    Na verdade, os canhotos podem ter uma vantagem nos esportes em que dois oponentes se enfrentam, tal como o tênis, o boxe e o beisebol, de acordo com uma avaliação da MSNBC do livro The Puzzle of Left-Handedness (“O Enigma do Canhoto”, em tradução livre) de Rik Smits.

    O autor atribui isso ao fato de que os atletas canhotos obtêm muito mais oportunidades de praticar contra adversários destros do que vice-versa (uma vez que existem muitas mais destros no mundo).

    Isso é um home run para os canhotos.
  • Os canhotos têm medo de gatos
    MOODBOARD VIA GETTY IMAGES
    Buu.

    Se você é canhoto, isso provavelmente assustou você. Isso acontece porque as pessoas que têm a mão esquerda dominante tendem a ser mais afetadas pelo medo do que as pessoas que usam a mão direita, de acordo com uma pesquisa apresentada na conferência anual da Sociedade Britânica de Psicologia e relatada no Telegraph.

    Para o estudo, os participantes assistiram a um clipe assustador de 8 minutos do filme Silêncio dos Inocentes.

    Quando lhes pediram para recordar eventos do trecho, os canhotos se mostraram bem mais propensos a mostrar sinais de transtorno de estresse pós-traumático do que os destros.

    "Parece que depois de vivenciar um evento terrível, mesmo em um filme, as pessoas que são canhotas tiveram comportamentos sutis parecidos aos de quem sofre de transtorno de estresse pós-traumático", disse a chefe de pesquisa Carolyn Choudhary, PhD, ao Telegraph.

    Culpa do cérebro: "É evidente que os dois lados do cérebro têm papéis diferentes no TEPT (Transtorno de Estresse Pós-Traumático), e o lado direito do cérebro parece estar envolvido com o medo. Mas precisamos realizar mais experiências para entender exatamente o que acontece nesses casos", disse.
  • Grrr! Os canhotos ficam mais irritados também
    BALLYSCANLON VIA GETTY IMAGES
    Se você simplesmente não consegue deixar de brigar com seu amigo destro (mas ele parece esquecer sem problemas) você pode pôr a culpa no fato de ser canhoto.

    De acordo com um pequeno estudo publicado no Journal of Nervous and Mental Disease, os canhotos são mais propensos a terem emoções negativas. Além disso, eles parecem ter mais dificuldade em processar os sentimentos.

    De novo, isso parece estar relacionado com a conexão de um dos lados do cérebro.

    Em comparação com os destros, os participantes canhotos do estudo mostraram um desequilíbrio na atividade entre os hemisférios direito e esquerdo ao tentarem processar as mudanças de humor.
  • Facilmente envergonhado? Pode ser porque você é canhoto
    FUSE VIA GETTY IMAGES
    Os canhotos podem até ficar bem chateados, mas uma pesquisa mostra que eles são apenas um grupo de auto-observadores tímidos.

    Cientistas da Universidade de Abertay, na Escócia, realizaram testes comportamentais com 46 canhotos e 66 destros, para medir a sua impulsividade e sua capacidade para se conter.

    Os canhotos grupo concordaram mais frequentemente com declarações do tipo "eu me preocupo em não cometer erros" e "crítica ou repreensão me dói um pouco".

    Na verdade, as respostas convenceram os pesquisadores de que os canhotos tendem a se sentirem mais inibidos, tímidos e envergonhados.

    "Os canhotos são mais propensos a hesitar, enquanto os destros tendem a sobressair mais", disse o pesquisador-chefe Lynn Wright, PhD, à BBC News.
  • Os canhotos gostam de bebida
    IGORR1 VIA GETTY IMAGES
    Da próxima vez que você tiver um desentendimento com um bêbado, veja de qual lado ele está segurando seu uísque: é possível que ele seja canhoto.

    Por anos, espalhou-se o mito de que os canhotos são mais propensos a se tornarem alcoólatras.

    Mas uma pesquisa com mais de 25.000 pessoas de 12 países esclareceu as coisas um pouco. Os canhotos não são mais propensos ao alcoolismo. Mas bebem com mais frequência.

    O pesquisador Kevin Denny, que examinou os dados de um estudo publicado no British Journal of Health Psychology, afirma que a principal lição deve ser a de desbancar a relação entre canhotos e alcoolismo.

    "Não há nenhuma evidência de que ser canhoto implique em tendência à bebida", afirmou em um comunicado de imprensa.

    "Assim, os resultados não dão suporte à ideia de que beber em excesso pode ser uma consequência da lateralização atípica do cérebro, ou devido às tensões sociais que surgem nos canhotos" por serem um grupo minoritário."
  • Eles têm seu próprio dia!
    CHRISTOPHER KIMMEL VIA GETTY IMAGES
    Marque no seu calendário: dia 13 de agosto é o Dia Internacional dos canhotos.

    Canhotos no mundo todo celebram o evento anual, que foi lançado em 1992 pelo Left-Handers Club do Reino Unido para aumentar a conscientização sobre o estilo de vida dos canhotos.

    De acordo com o site do grupo, é um dia "em que canhotos de todos os lugares podem comemorar sua sinistralidade e aumentar a consciência pública sobre as vantagens e desvantagens de ser canhoto."

    Como você deve celebrar a ocasião? Crie uma "zona canhota": uma área demarcada de espaço pessoal onde tudo deve ser feito com a mão esquerda, desde a configuração de seu espaço de trabalho até a maneira como você usa os talheres.

    E essa regra também deve se estender a qualquer destro que entre na zona do canhoto.
  • Os canhotos não vão sumir
    RJW VIA GETTY IMAGES
    Os canhotos são a minoria. Será que isso significa que eles vão se extinguir um dia?

    Na verdade, alguns pesquisadores acreditam que quando se trata de sobrevivência do mais apto, os canhotos saem ganhando.

    Eis o porquê: No combate um a um, utilizar a mão esquerda é como jogar uma bola com efeito. "O fato de que os canhotos são menos comuns quer dizer que eles têm o efeito surpresa", disse a pesquisadora Charlotte Faurie da Universidade de Montpellier ao ABC News.

    Para investigar mais fundo, Faurie e seu colega Michel Raymond estudaram nove sociedades primitivas diferentes. Em sociedades mais violentas, eles descobriram, que os canhotos prosperaram.

    Parece que ser canhoto tem algumas vantagens no fim das contas.

(Tradução: Simone Palma)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.