MULHERES

Mais de 56% dos brasileiros têm sobrepeso, diz IBGE

21/08/2015 11:33 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Getty Images/Science Photo Library RF

Em dez anos, os brasileiros estão mais obesos e hipertensos, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, divulgada nesta sexta-feira (21) pelo IBGE.

Em 2013, um em cada cinco brasileiros de 18 anos ou mais estavam obesos, ou 20,8% da população da época. Entre as mulheres, a obesidade passou de 14% para 25,2% em dez anos, um aumento de 11,2 pontos percentuais. Entre os homens, houve aumento de 9,3% para 17,5%.

Já sobre o excesso de peso, os números assustam: 56,9 % da população, ou seja, cerca de 82 milhões de pessoas apresentaram o IMC igual ou maior do que 25, incluindo os obesos. As mulheres novamente apresentaram o maior aumento: entre 2003 e 2013, as que tinham excesso de peso aumentaram de 42,1% para 59,8%, enquanto a taxa de homens pulou de 42,4% para 57,3%.

Na outra ponta,o estudo apontou uma queda contínua do déficit de peso, tanto para homens (de 2,8% para 1,9%) quanto para mulheres (de 4,9% para 2,5%).

Assim como o peso, o acúmulo de gordura abdominal também foi mais frequente entre as mulheres, atingindo 52,1% das mulheres e 21,8% dos homens no ano de 2013.

Com o aumento do peso, os problemas de saúde relacionados à obesidade e à má alimentação também aumentaram. "O excesso de gordura abdominal está associado ao risco de doenças cardiometabólicas, como obesidade, diabetes e hipertensão arterial", diz o estudo.

A pressão arterial alta, mais presente entre os homens, atinge 22,3% da população e se torna mais comum à medida que a idade avança: enquanto 5,7% das pessoas entre 18 e 24 anos estavam com pressão alta, isso ocorria com 46,5% daquelas com 75 anos ou mais. Já, 5,9% da população apresentou a pressão arterial abaixo do normal.

Deficiências

Segundo o IBGE, aproximadamente 2,6 milhões de brasileiros, ou 1,3% da população, possuíam deficiência física em 2013, enquanto a deficiência intelectual atingia 1,56 milhão de pessoas.

Cerca de 2,2 milhões de pessoas (1,1% da população) possuíam deficiência auditiva, enquanto 7,2 milhões de pessoas tinham deficiência visual.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: