NOTÍCIAS

Real foi a terceira moeda que mais se desvalorizou frente ao dólar, diz corretora

18/08/2015 17:55 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
BenjaminThompson/FIickr
A close up of Brazilian money.

As constantes crises econômicas e políticas no Brasil têm derrubado o valor do real. Nos últimos 12 meses, a moeda brasileira acumula uma desvalorização de 53,94% diante do dólar, de acordo com uma pesquisa da TOV Corretora.

Com esta queda, a moeda brasileira se tornou a terceira moeda mais desvalorizada do mundo, à frente apenas da moeda da Colômbia, o peso colombiano, que acumula uma desvalorização de 59,42%, e para o rublo, a moeda da Rússia, que se desvalorizou 80,34% diante do dólar nos últimos 12 meses.

dólar

Nas últimas semanas, o dólar tem subido fortemente frente do real. Após ultrapassar a barreira dos R$ 3,50 no início de agosto, a moeda americana fechou em queda nesta terça-feira (18), cotado a R$ R$ 3,462.

Mas não é só a crise brasileira que explica a valorização do dólar. No exterior, ele ganha força ante outras moedas pelas expectativas de alta de juros dos Estados Unidos.

De 2002 a 2008, a moeda americana se desvalorizou, o que explica, em parte, o "boom" das commodities na época.

Após altas e baixas até o ano passado, o dólar tem recuperado apenas parte de seu valor, de acordo com o economista-chefe da TOV Corretora, Pedro Paulo Silveira. "Ainda há um longo caminho para que ele chegue aos patamares de 2002."

Segundo o economista, se o Federal Reserve decidir elevar as taxas de juros a partir desse ano, ele pode disparar um forte movimento de aceleração da valorização de sua moeda. "Com isso, a economia global que já está devagar, pode cair ainda mais, levando os próprios EUA a um novo ciclo de queda do PIB."

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: