NOTÍCIAS

Funcionários do McDonald's acusam rede fast-food de infringir leis trabalhistas e fazem protesto na Avenida Paulista (FOTOS)

18/08/2015 14:07 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Estadão Conteúdo

Cerca de mil sindicalistas se manifestaram nesta terça-feira (18) na Avenida Paulista, em São Paulo, contra a rede de fast food McDonald's. O grupo protestou alegando irregularidades de práticas fiscais, concorrenciais e ao sistema de franquias da rede.

Segundo o UOL, o movimento acontece em 20 países e, no Brasil, é apoiado pela rede internacional da marca. Eles esperam chamar a atenção de congressistas e convencê-los a enrijecer regras trabalhistas do setor.

Ainda de acordo com o site, o advogado Alessandro Vietri, um dos coordenadores jurídicos das ações para as entidades sindicais, há indícios de que a empresa adotou medidas para pagar menos impostos no Brasil. "Reunimos alguns documentos mas não temos todas as provas, por isso queremos uma investigação profunda do Ministério Público", disse.

Na quinta-feira (20) está prevista uma audiência pública em Brasília, na Comissão de Direitos Humanos do Senado, convocada e presidida pelo senador Paulo Paim (PT-RS), para discutir as supostas irregularidades trabalhistas cometidas pela companhia.

Por nota, o McDonald'’s informou que tem "absoluta convicção do cumprimento da legislação trabalhista" e está "à disposição das autoridades e da Justiça para todos os esclarecimentos que se façam necessários sobre suas atividades no Brasil, onde atua há mais de três décadas."

Veja as imagens de como foi o protesto. Este conteúdo não é recomendado para quem tem medo de palhaços.

Protesto de funcionários do McDonald's


(Com informações Estadão Conteúdo)

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: