NOTÍCIAS
17/08/2015 10:41 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

ANS suspende a venda de 73 planos de saúde de 15 operadoras

Jupiterimages via Getty Images
Nurse with stethoscope

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou a suspensão da venda de 73 planos de saúde de 15 operadoras a partir de quinta-feira (20), como punição ao descumprimento de prazos e por negativas indevidas de coberturas assistenciais contratadas pelo cliente.

De acordo com a agência, mais de 3 milhões de beneficiários serão diretamente protegidos, uma vez que as operadoras terão de resolver os problemas assistenciais para que possam receber novos consumidores.

Veja aqui a lista completa dos planos suspensos pela agência.

Em nota, o diretor-presidente da ANS, José Carlos de Souza Abrahão, informou que a suspensão da comercialização de planos de saúde é uma das medidas preventivas aplicadas pela agência, "de modo a induzir as operadoras a melhorar a qualidade do atendimento prestado aos beneficiários".

“Esse acompanhamento às operadoras de planos de saúde é permanente e contínuo. A divulgação dos dados apurados é feita pela ANS a cada três meses”, afirmou Abrahão.

Além de interromper a venda, as operadoras que negaram indevidamente cobertura podem receber multa entre R$ 80 mil e R$ 100 mil.

A ANS informou que 52 planos de saúde com venda interrompida poderão voltar a ser comercializados, já que comprovaram melhoria no atendimento.

O monitoramento ocorreu entre 19 de março e 18 de junho deste ano. Nesse período, a ANS recebeu 21.273 reclamações de beneficiários pelos seus canais de relacionamento, das quais 6.509 relacionadas a temas não assistenciais (contratos e reajuste, por exemplo) e 14.276 a cobertura assistencial.

Segundo a agência, desde o início do programa de monitoramento, 1.140 planos de 155 operadoras tiveram as vendas suspensas e outros 976 voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: