NOTÍCIAS
16/08/2015 14:38 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

Palhaço é preso durante apresentação em Cascavel (PR) após fazer críticas a PM e ao governador Beto Richa

O palhaço Tico Bonito fazia uma apresentação em Cascavel, interior do Paraná, quando lançou críticas a Polícia Militar e ao governador do estado, Beto Richa (PSDB). "Eles só protegem burguês que mora no centro e o governador Beto Richa. São seguranças particulares pagos pelo povo", afirmou.

Foi o suficiente para fazer policiais da Tropa de Choque da PM, que passavam pelo local, descerem da viatura em direção ao artista e prendê-lo na frente da plateia formada por crianças, adolescentes e adultos.

"Liberdade de expressão!", gritava o comediante Leônides Quadra, que interpreta Tico Bonito, enquanto a plateia vaiava a PM. Segundo o Correio do Povo, a confusão envolveu diversas viaturas e até a cavalaria da PM. Por fim, o palhaço foi encaminhado ao Fórum, onde foi feito um boletim de ocorrência e uma audiência foi marcada com um juiz.

Ao G1, o tenente da PM, Roberto Tavares, explicou que como Quadra se recusou a entrar na viatura, foi pedido reforço. Foram chamadas três equipes da PM além da cavalaria.

Como o palhaço se recusou a entrar no carro da PM, os policiais pediram reforço. Três equipes e mais policiais da cavalaria foram chamados. "A população que estava no local tentou impedir que ele fosse preso, defendendo o palhaço", disse Tavares.

O tenente alegou que a prisão foi feita porque o artista teria chamados os policiais de "palhaços do governador que só sabem cuidar de quem tem dinheiro". Em sua página no Facebook, o Quadras divulgou um novo vídeo em que nega ter chamado os PMs de palhaços e mostra o momento em que a PM chega ao espetáculo:

Olá pessoal.Prova do que aconteceu.A polícia disse que chamei eles de palhaços como forma de agressão.Veja aos 39...

Posted by Palhaço Tico Bonito on Sábado, 15 de agosto de 2015