ENTRETENIMENTO

Um fato curioso que talvez você não saiba sobre o 'Star Wars'

15/08/2015 01:36 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Getty Images

"Nós comparamos quadro a quadro", esclareceu Ken Ralston, artista de efeitos visuais no documentário Império dos Sonhos de 2004, falando sobre como as cenas de lutas intergalácticas do Star Wars original de 1977 não foram concebidas em uma galáxia muito distante – na verdade foram copiadas de imagens antigas.

A influência da Segunda Guerra Mundial na representação do Império já era evidente - desde o adereço da cabeça de Darth Vader até a composição da nave Millennium Falcon - mas a dívida do filme espacial para os filmes de guerra é bem maior do que você imagina.

Com o estúdio ILM atirando para todas as direções e sem saber a melhor forma de elaborar a agora icônica batalha espacial, George Lucas misturou "duelos aéreos a partir de filmes de guerra antigos" na filmagem original de "Star Wars" para ajudar a inspirar sua equipe de efeitos especiais.

"Cada vez que passava um filme de guerra na televisão, do tipo 'As Pontes de Toko-Ri' (1954), nós assistíamos e se houvesse uma sequência de combate aéreo eu gravava. "Lucas lembrou do livro de Jonathan Rinzler, The Making of Star Wars. "Depois nós transferíamos isso para uma película de 16mm e eu editava de acordo com a minha história do 'Star Wars'."

A partir daí a equipe do estúdio ILM recriava "a ação o melhor possível", disse Ralston.

O documentário mostra os filmes lado a lado para destacar o material de origem.

Os esboços originais da batalha espacial não conseguiram oferecer os sinais necessários de estimulação e excitação que o estúdio precisava para completar o projeto.

Usando as cenas de guerras antigas, o estúdio foi capaz de recriar batalhas aéreas que pareciam realistas, apesar de se tratar do espaço.

Este pequeno pedaço desconhecido do documentário se tornou viral no Reddit recentemente.

Aqui está uma cena que mudou muito pouco do original.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: