NOTÍCIAS

Músico cego da Flórida ganha dinheiro tocando na rua. Depois doa para quem precisa

12/08/2015 23:57 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução

Eddie Maltsby Jr. não enxerga, mas tem uma visão clara para seu plano de vida.

Segundo sua página do GoFundMe, Maltsby ficou cego aos 11 anos porque sofria de sarcoidose, uma doença rara que afeta vários órgãos. Apesar do prognóstico, Maltsby se comprometeu a levar luz às pessoas necessitadas, tocando nas ruas de St. Petersburg, Flórida, sempre doando parte do dinheiro arrecadado.

“Vou continuar doando até não poder mais”, disse ele à emissora uma TV local. “Consigo doar agora, e mal tenho dinheiro suficiente. Por que parar?”

Além de tocar em público, Maltsby também apresenta um programa de rádio na WRXB, o “Blind Boy Radio”.

No programa, o músico doa compras de supermercado, dinheiro e outros itens para os ouvintes.

Até hoje, Maltsby doou cerca de US$ 2 mil (cerca de R$ 6,9 mil), mas o dinheiro está acabando – mesmo com a ajuda dos patrocinadores.

É por isso que ele foi pedir ajuda na internet.

Maltsby criou uma campanha no GoFundMe com a esperança de arrecadar US$ 25 mil (cerca de R$ 86 mil).

Segundo a contagem mais recente, numa única noite do ano passado havia 3.391 moradores de rua no condado de Pinella.

O espírito benevolente de Maltsby é encorajador. Em geral, as pessoas com menos recursos são as que demonstram como é fácil abrir mão do dinheiro.

No ano passado, por exemplo, Magic of Rahat, dono de um canal de pegadinhas do YouTube, criou uma loteria arranjada para que um sem-teto ganhasse US$ 1 mil (R$ 3,47 mil). A primeira coisa que o homem fez foi dividir o prêmio com Rahat.

No fim do ano passado, a estudante britânica Dominique Harrison-Bentzen não tinha como voltar para casa. Um morador de rua lhe deu todo o dinheiro que tinha – US$ 4,60 (R$ 15,98) – para que ele pegasse um táxi.

Ela retribuiu o favor criando uma campanha de arrecadação para o bom samaritano, que já recebeu mais de US$ 50 mil em doações.

“Espero que minha campanha ajude as pessoas a pensar um pouco mais naqueles que estão à nossa volta”, disse Harrison-Bentzen ao Daily Mirror. “Se puderem ver o que estou fazendo, talvez separem um tempo para parar e conversar com um sem-teto, ouvir sua história.”

Saiba mais sobre Eddie Maltsby Jr. e sua campanha aqui. E veja uma reportagem, em inglês, feita pelo USA Today:

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: