NOTÍCIAS

PSDB quer pegar carona nos protestos para fazer campanha de filiação

11/08/2015 18:28 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Montagem/Estadão Conteúdo

O PSDB quer pegar carona nas manifestações contra o governo, marcadas para o próximo dia 16, e vai fazer uma campanha de filiação. De acordo com a Folha de S.Paulo, a ideia é fazer um ato na sexta-feira (14), focado na juventude como uma prévia da convocação que o partido faz para as pessoas irem às ruas.

Na semana passada, líderes tucanos fizeram um apelo aos brasileiros para que compareçam nas manifestações e peçam novas eleições.

"Enquanto nosso principal adversário, o PT, se esconde da sociedade brasileira, nós vamos conversar com a sociedade. É hora de haver um encontro entre a insatisfação generalizada no país e a política representativa até para que possa haver um desfecho adequado para essa gravíssima crise que o Brasil está mergulhado e um desfecho que respeite as regras constitucionais", disse o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (MG).

Embora o partido faça apelo para que a população vá às ruas, o senador ainda não sabe se comparecerá aos protestos. Ele não esteve presente nos últimos por temer ser pessoalmente associado ao movimento. À Folha, o deputado Otávio Leite (RJ) disse que proposta do partido é não dar margem a especulação de que estão partidarizando o ato.

O partido também teme ser associado a qualquer tentativa de golpe. Na semana passada, ao convocar a população, as lideranças tucanas evitaram usar o termo impeachment.

Na segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff rechaçou a atitude dos que colocam os interesses partidários antes dos do País.

"O Brasil precisa, mais do que nunca, que as pessoas pensem primeiro nele, Brasil, no que serve à população, à nação, e só depois em seus partidos e em seus projetos pessoais."

Em seguida, ela disse que "ninguém que pensa no povo brasileiro deve aceitar a teoria de que: "eu não gosto do governo, então vou enfraquecer 'ele', a teoria do quanto pior, melhor. Melhor pra quem?”.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: