NOTÍCIAS

Imigrantes e polícia entram em confronto em ilha grega; prefeito diz que situação está "fora de controle"

11/08/2015 16:33 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reuters

A polícia grega usou extintores de incêndio e cassetetes contra imigrantes na ilha de Kos, à medida que as tensões aumentaram em um estádio esportivo onde centenas, incluindo crianças pequenas, se juntaram para aguardar os documentos de imigração, de acordo com imagens da rede de televisão estatal.

Os tumultos ocorreram um dia após um policial na ilha ser suspenso por brandir uma faca e golpear um homem identificado pela mídia grega como um imigrante paquistanês.

Nesta terça-feira (11), imagens da televisão mostraram centenas de imigrantes se empurrando enquanto corriam de grandes nuvens de pó branco de extintores de incêndio usados por policiais, que aparentemente tentavam dispersar a multidão.

Não foi imediatamente claro o que iniciou a violência.

A Grécia presenciou um aumento no número de imigrantes e refugiados, que fogem de zonas de guerra como a Síria, tentando entrar na União Europeia por países como a Turquia. O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) informou que 124 mil pessoas desembarcaram em ilhas gregas neste ano.

O prefeito da ilha de Kos, Yorgos Kyritsis, disse que serviços locais, incluindo a polícia e guarda costeira não conseguiam cooperar com o fluxo. "Esta situação na ilha está fora de controle... existe um perigo real de situações incontroláveis. Sangue será derramado", disse para uma rede de televisão grega.

Imigrantes na Grécia