NOTÍCIAS

Cunha critica dueto Dilma-Renan: 'Não dá para achar que só o Senado funciona'

11/08/2015 14:59 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Montagem/Estadão Conteúdo

Se depender da Câmara, a estratégia da presidente Dilma Rousseff de conter a crise com a ajuda no Senado Federal não vai dar certo. O presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta terça-feira (11) que o acordo entre o Planalto e os senadores não terá aval dos deputados.

Ao G1, Cunha ressaltou que o Legislativo brasileiro é “bicameral” e que o governo tem agido como se só existisse o Senado, ao excluir os deputados das tratativas.

“Eu não me considero incendiário, nem acho que ninguém precise de um bombeiro. Tem coisa que são atribuições de uma Casa e de outra e são coisas que são das duas. É preciso cada um saber o seu papel.”

Na segunda-feira (10), a presidente recebeu senadores e ministros no Palácio da Alvorada para discutir as pautas do Congresso. Para Cunha, esse encontrou passou a impressão de que só existe o Senado e que lá resolve todos os problemas.

“É preciso só ter cautela com uma coisa, nós vivemos pela Constituição em um sistema bicameral, não vivemos num sistema unicameral. Então, obviamente as duas Casas têm que aprovar as propostas. Não dá para se achar que somente o Senado funciona, somente a Câmara funciona, nem achar que tramitou no Senado acabou.”

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: