NOTÍCIAS

Repórter de TV e marido são agredidos por taxistas quando entravam em carro do Uber

10/08/2015 17:29 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Reprodução/Facebook/YouTube

Uma repórter da SporTV e da TV Globo Minas Gerais foi uma das vítimas mais recente da guerra travada por taxistas contra o aplicativo de caronas Uber. O caso aconteceu na última sexta-feira (7), quando Luciana Machado e seu marido saíam do aniversário de uma amiga em um bar no bairro União, região noroeste de Belo Horizonte.

Em sua página no Facebook, Machado contou que já estava dentro do carro quando três taxistas se aproximaram e impediram o motorista de dar a partida. Foi quando ela e o marido desceram do carro para argumentar e a confusão começou.

"Um segurou o Marcel praticamente com um mata-leão, enquanto os outros foram pra cima dele. Tentei segurar, empurrar, tirar, impedir de alguma forma que ele se machucasse, enquanto o Marcel se preocupava em nos proteger e saía no braço com os taxistas. Um deles disse que só não me bateu porque eu sou mulher", conta Machado

A briga só foi interrompida quando uma viatura da Polícia Militar passou devagar próximo ao casal. A repórter tentou chamar a atenção dos oficiais e pedir ajudar para ir embora para casa em segurança. Segundo ela, porém, de nada adiantou. "Os militares nem sequer pararam o carro, desceram ou registraram o ocorrido", conta.

No caminho de volta para casa, o casal parou em um posto da Polícia Militar onde registraram um boletim de ocorrência e o marido da jornalista, Marcel, passou por um exame de corpo delito no IML.

Para quem for vítima de taxistas ao usar o Uber, Machado manda um recado:

Se você estiver em um Uber e for vítima do assédio dos taxistas, não saia de dentro do carro. Confirme que as portas estão trancadas, ligue a câmera e faça um vídeo, enquanto outra pessoa liga para o 190. Registre tudo o que puder. Não deixe de fazer a sua parte se você também for agredido ou intimidado. As agressões dos taxistas estão cada vez mais promovendo a ineficácia do serviço e trabalhando a favor do tão temido inimigo Uber.

Desabafo.Desde que a Lei Seca foi implementada eu tive que obedece-la, como deveriam todos os brasileiros. E passei a...

Posted by Luciana Machado on Sábado, 8 de agosto de 2015

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: