NOTÍCIAS
07/08/2015 16:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02

Em manifestação no Instituto Lula, Rui Falcão diz que oposição tenta 'golpe'

PAULO LIEBERT/ESTADÃO CONTEÚDO

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse nesta sexta-feira (7), em São Paulo, que os pedidos de novas eleições são um "problema do PSDB".

"Nós temos uma presidenta democraticamente eleita. Eleição, agora, só em 2018. A oposição deveria buscar nas urnas uma vitória em vez de tentar um golpe de mão para afastar a presidenta."

Falcão participa de uma manifestação em solidariedade ao Instituto Lula organizada pelo diretório municipal do partido. Além dele, estão presentes deputados e vereadores da legenda, diretores do instituto e dezenas de manifestantes.

Há faixas pedindo "liberdade" e "democracia" e de entidades de sindicatos, como as Centrais Única dos Trabalhadores (CUT) e dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

Até o meio-dia, horário marcado para o "abração" ao instituto, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não estava no ato.

"Estamos protestando contra isso que foi um ataque terrorista ao instituto. A Polícia Federal (PF), que tem como responsabilidade a proteção e escolta dos ex-presidentes, na nossa visão, deve assumir a investigação", disse Falcão.

Na semana passada, uma bomba arremessada de um carro explodiu em frente ao prédio do Instituto Lula. Ninguém se feriu.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: