NOTÍCIAS

Samsung cria fundo para funcionários que tiveram câncer

04/08/2015 09:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02
Dimas Ardian via Getty Images
CIKARANG, INDONESIA - AUGUST 15: Indonesian labourers work in a Samsung factory August 15, 2006 in Cikarang, Indonesia. The South Korean company employs some 1700 people in the factory, manufacturing consumer electronics. (Photo by Dimas Ardian/Getty Images)

A gigante de tecnologia Samsung Electronics disse nesta segunda-feira que criará um fundo de 100 bilhões de wons (equivalentes a 85,8 milhões de dólares) para compensar os trabalhadores que tiveram câncer e suas famílias e para reforçar a prevenção de tal doença em suas fábricas de chips e displays.

A Samsung disse em comunicado que o fundo fará pagamentos para trabalhadores ou familiares daqueles que ficaram doentes enquanto trabalhavam em suas fábricas, incluindo terceirizados.

O fundo também financiará pesquisas, desenvolvimento de especialistas e outros métodos para melhorar a segurança no trabalho.

O grupo ativista sul-coreano Sharps, que representa muitos dos trabalhadores atingidos pelo câncer, disse nesta segunda-feira ter conhecimento de que cerca de 200 trabalhadores ficaram doentes após trabalharem em uma fábrica da Samsung. Cerca de 70 deles morreram, disse a organização, que se recusou a comentar o fundo da Samsung.

A proposta vem após negociações entre a empresa sul-coreana, trabalhadores e suas famílias, assim como especialistas externos sobre a responsabilidade da companhia pelos funcionários, que atribuíram doenças como leucemia e linfoma à prolongada exposição a radiação ou produtos químicos perigosos utilizados nas fábricas da Samsung.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: