COMPORTAMENTO

Índia bloqueia 857 sites pornô para defender 'moralidade e decência' (NSFW)

03/08/2015 19:51 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

computer man

Conhecida como a maior democracia do mundo, a Índia acaba de se mostrar não tão democrática assim.

Por trás da justificativa de defender a "moralidade e a decência", 857 sites pornográficos começaram a ser bloqueados durante o final de semana.

A versão do governo associa o pornô aos crimes sexuais e acredita que a proibição pode impedir que crianças tenham acesso a materiais pornográficos. Outra versão oficial é de que a proibição atinge sites suspeitos de espalharem pornografia infantil.

sex

Com a divulgação da notícia, a hashtag #PornBan acabou se espalhando rapidamente pelo Twitter (a Índia é o segundo país com maior número de usuários da rede social).

A proibição acontece um mês depois do Supremo Tribunal do país recusar o bloqueio baseado na explicação de que ela ajudaria a conter crimes sexuais.

Em sua decisão, o tribunal reforçou que cabe às pessoas serem livres para acessarem os sites. A decisão voltou então ao Ministério do Interior indiano, que acabou dando parecer favorável para que os sites fossem derrubados.

Segundo a BBC, fontes do governo do país asiático garantem que o bloqueio é somente uma "solução temporária" e que o país ainda terá uma solução mais definitiva.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: