ENTRETENIMENTO

Easter egg em 'Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge' une Bane e Charles Dickens (VÍDEO)

29/07/2015 16:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Assista acima às cenas do filme Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge (2012), de Christopher Nolan, e só depois leia o parágrafo abaixo.

Percebeu alguma coisa?

O vilão Bane (interpretado por Tom Hardy) aparece tricotando. É sério. Tricotando. Dá só uma olhada:


tv show gifs


Caso precise de mais evidência, abaixo vai mais uma imagem, retirada de outro trecho do filme:



Agora você deve estar se perguntando: por que um vilão casca-grossa aparece tricotando no filme? E ainda mais no meio daquele cenário caótico? Será que é um suéter de presente de aniversário pro Bruce Wayne Batman? Alguém no Reddit reparou nisso e perguntou: "Bane estava tricotando? O que?"

O Huffington Post US descobriu que não é uma blusinha pro Homem-Morcego coisa nenhuma, mas sim uma referência ao clássico da literatura inglesa do século 19 Um Conto de Duas Cidades (1859), do escritor Charles Dickens.

O diretor Christopher Nolan, que escreveu o roteiro do filme com o irmão Jonathan Nolan, já disse que o romance de Dickens serviu de inspiração para conceber O Cavaleiro das Trevas Ressurge. E, no Tumblr, um internauta reparou que Bane pode ser facilmente identificado como uma espécie de "representante" da vilã do livro de Dickens, Madame Defarge.

A personagem é adepta tanto da matança quanto do tricô. Ela chega a tricotar uma lista de morte e pratica a técnica enquanto sentencia outros personagem à morte – Bane faz algo bem semelhante no filme de Nolan, como mostrado no vídeo acima. E ambos têm mais semelhanças que esta.

188002734

Madame Defarge, "mentora" de Bane, em ilustração (Imagem: Getty)

No passado, o dois vilões foram vítimas de violência e acreditam que inocentes devem morrer pelos erros cometidos por seus familiares.

A Warner Bros., distribuidora do filme, confirmou ao Huffington Post norte-americano que, sim, a referência de Bane à personagem de Dickens está "correta". Mas a empresa não se aprofundou na resposta.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:



MAIS CINEMA E LITERATURA NO BRASIL POST:

Superinteressante: 20 filmes inspirados nos livros de Stephen King