ENTRETENIMENTO
24/07/2015 14:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Conheça 14 dos empregos mais legais do mundo

Divulgação

Não existe trabalho ruim. Ruim é ter que trabalhar” (MADRUGA, Seu). Se você concorda com essa afirmação, talvez esteja meio insatisfeito com seu atual emprego. Você tem aquele momento de balanço “o que eu estou fazendo da minha vida”, ou “odeio meu trabalho”, e tudo que você queria era ser como Tom Hanks em Quero Ser Grande. Pois quer uma grande notícia? O emprego de escultor de Legos existe, e também o de testador de tobogãs! E você ainda pode se aventurar tomando conta de uma ilha paradisíaca! Se você começou a pensar em uma mudança de carreira para algo que te traga mais diversão – literalmente -, cola nesta SUPERLISTA de hoje, que vamos apresentar alguns os trabalhos mais legais do mundo.

14. Testador de “World of Warcraft”

warcraft


Se você é desses que sempre perde a hora porque precisa chegar no final daquela fase, aqui está o seu dreamjob. O site da empresa Blizzard, produtora responsável pelo jogo, sempre tem várias vagas de emprego abertas, e a maioria delas é para trabalhar com “World of Warcraft”. Este ano, eles já tiveram seleção para testadores do jogo, mas ainda há diversas outras oportunidades de trabalho por lá. A julgar pelo vídeo de introdução que apresenta a empresa, o ambiente de trabalho é mega sedutor.

13. Testador e blogueiro de vinhos/comida/viagens

Algumas pessoas são apaixonadas por vinhos, outras só pensam em comida, outras não conseguem sossegar o facho em um lugar por muito tempo. Dentre essas, algumas resolveram transformar sua paixão em trabalho. Hoje em dia, os blogs são uma excelente ferramenta para quem quer se entregar de cabeça a uma de suas paixões, pois para escrever sobre um assunto, você tem que ter muita experiência naquilo. E, para ter experiência, só experimentando. Assim, já há muita gente que ganha dinheiro provando e escrevendo sobre vinhos, ou experimentando receitas e escrevendo sobre elas, ou ainda viajando o mundo e matando os amigos de inveja contando suas experiências.

12. Ciclista fotógrafo do Google Maps

A Google contratou duas pessoas para atualizarem o Google Street View na França. O trabalho deles é, basicamente, andar de bicicleta o dia todo, fotografando e filmando as ruas por onde passam. A bicicleta – que, na verdade, é um triciclo, é equipada com nove câmeras, um GPS e um computador. Com isso, a Google consegue imagens de locais que não são acessíveis aos carros. O material coletado vai para o banco de dados da Google para completar as imagens em 3D da cidade.

11. Provador de cerveja

cerveja


Sempre tem aqueles que não abrem mão da cervejinha do fim de semana – e dos dias de semana também. Esses se dariam super bem trabalhando como provadores de cerveja. Muitos produtores contratam provadores para testar os produtos antes de ele ir para o mercado. Para conseguir esse trabalho, a pessoa precisa ser um bom bebedor – e isso está longe de conseguir beber um engradado de uma vez só. É preciso ter olfato e paladar apurado, e conseguir diferenciar as diversas nuances dos sabores. O emprego faz sucesso: a cervejaria galesa Evan Evans abriu vaga para provador de suas cervejas antes de lançar um novo sabor no mercado e recebeu mais de 250 currículos.

10. Crítico de hotéis

Ficar hospedado nos melhores hotéis do mundo é o sonho de férias de muita gente por aí. Agora, imagina fazer isso e ainda ganhar dinheiro?? Se você trabalha como crítico de hotéis, essa é a sua vida, esse é o seu clube. Os críticos se hospedam nos melhores hotéis do mundo para, depois, darem sua opinião a respeito. Nada mal, hein.

9. Zumbi profissional

Não, nós não estamos de zueira. Sim, esse emprego existe de verdade. E digo mais: é em Londres. A atração London Dungeon, que fica próxima à famosa roda gigante London Eye, tem 50 atores contratados para serem zumbis profissionais e assustar os visitantes.

8. Diretor de diversão de museu

Quando você tinha 6 anos de idade, você sabia o que iria ser quando crescesse? Um menino dessa idade queria ser o diretor do Museu Ferroviário de Nova Iorque, e acabou realizando seu sonho. Ele conseguiu um emprego de diretor de diversão do museu, substituindo o antigo diretor, Andrew Scott, que se aposentou. O menino, Sam Pointon, mandou uma carta escrita à mão para o museu declarando seu interesse na vaga. Na cartinha, ele escreveu suas qualificações e sua vasta experiência com trens (de brinquedo). A carta conquistou a equipe do museu, que nomeou Sam diretor honorário de diversão do museu.

7. Escultor de Lego

lego


Se você foi criança nos anos 80 e 90 e brincou de Lego ou similares, certeza que está cobiçando este trabalho. A Lego tem alguns profissionais contratados para construir sets e modelos para eles. Ao contrário do que parece, porém, o trabalho não é só diversão. Ao contrário, eles trabalham com um orçamento bem limitado e têm que correr contra o tempo. Mesmo assim, a competição pelas vagas é imensa. O último que entrou para esse seleto grupo foi Andrew Johnson, que derrotou outros 45 concorrentes à vaga.

6. Consultor de chocolates

Nem só os amantes de bebidas alcóolicas se dão bem no ramo de provadores. Desde quem tem uma quedinha por chocolates até quem é absolutamente viciado poderia viver bem com um emprego de consultor de chocolates. Há vários tipos de consultores: aqueles que trabalham com as grandes empresas, provando os chocolates antes de eles serem lançados para o público e fazendo o controle de qualidade dos produtos (oh, vida cruel), aqueles que trabalham com chocolaterias artesanais, quem foca mais em alguns nichos de chocolates – como amargos ou crocantes. A consultora Louise Thomas tem uma empresa de tentadores e consultoria de chocolates, que ajuda seus clientes a encontrarem um determinado tipo de grão para uma demanda específica.

5. Testador de camas de luxo

Este é, certamente, um trabalho para quem é bom de cama – calma, não é nada disso que você está pensando. Se você é desses que castiga o “soneca” do despertador, poderia se dar bem como a estudante de Birminghan, na Inglaterra, que foi contratada para testar… camas! Roisin Madigan na época tinha 22 anos e recebeu 1.000 libras para dormir em camas luxuosas feitas para o Hotel Savoy todos os dias durante um mês. A ação era parte de uma pesquisa da empresa Simon Horn, que produz camas com assinatura de designers.

4. Testador de camisinhas

camisinha


Normalmente, a maioria das camisinhas são testadas mecanicamente e antes de ir para as prateleiras das farmácias. Mas a fabricante Durex, na Austrália, contratou mais de 200 jovens homens (alô, Durex, garotas também fazem uso de camisinhas. #fikdik) para serem testadores oficiais de seus preservativos. O trabalho era voluntário, mas os candidatos receberam um vale de 60 dólares australianos para gastar em produtos da marca. Em troca, eles tiveram que dar sua opinião sincera sobre o desempenho das blusinhas. Um dos candidatos ainda ganharia um bônus de 1.000 dólares (por produtividade, talvez? A empresa não deixou isso muito claro).

3. Testador de doces

Esse ficou com um menino de 12 anos, o inglês Harry Wilshire. Ele é responsável por provar receitas ultra-secretas de uma fábrica de doces na Inglaterra. Harry ganhou um concurso de paladar, quando concorreu com mais de 3.000 outras crianças. Em uma entrevista depois da seleção para a vaga, o menino disse que, em sua primeira visita ao seu novo local de trabalho, ele se sentiu como Charlie, da Fantástica Fábrica de Chocolates. Qualquer semelhança é mera coincidência (será?). Mas atenção: este trabalho não é indicado para quem tem diabetes tipo 1 ou tipo 2.

2. Testador de toboáguas

toboagua


Depois de testar hotéis de luxo e camas, talvez um pouco mais de adrenalina não vá fazer tão mal assim. Neste trabalho, você ainda poderá pegar vários dias de sol e calor, e manter o bronzeado em dia. Atualmente, a vaga é preenchida pelo Tommy Lynch, que viaja o mundo testando os toboáguas da marca First Choice. Ele avalia quesitos como comprimento, velocidade, quantidade de água, aterrissagem e segurança dos brinquedos. Mas ninguém vive só de diversão, e Tommy ainda recebe £ 40.000 por ano para realizar essa extenuante tarefa.

1. Caseiro de ilha paradisíaca

Comprar ilhas está na moda (para milionários). Johnny Depp, Mel Gibson, Eddie Murphy, Paul Allen (co-fundador da Microsoft), Leonardo di Caprio, todos eles possuem ilhas particulares. Aqui no Brasil, onde as ilhas são uma concessão da Marinha, Luciano Huck usufrui de uma ilha na região de Angra dos Reis, no Estado do Rio de Janeiro. Mas é óbvio que essa gente toda não mora em suas ilhas particulares. Assim, eles precisam de gente para cuidar de seu patrimônio. Há diversas vagas para caseiro de ilhas paradisíacas abertas ao redor do mundo. Se animou? Pode procurar vagas aqui. Se você quiser uma experiência temporária, pode tentar um programa do WWOOF em alguma ilha. No Mar do Caribe há algumas vagas disponíveis.

E você, qual emprego gostaria de passar a vida fazendo?

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: