NOTÍCIAS
16/07/2015 20:34 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Como se preparar para as férias perfeitas e sem estresse

iStock

Se você já se já se viu desejando mais férias antes mesmo de desfazer as malas da sua última viagem, é hora de fazer algo um pouco diferente, antes de pegar a estrada.

Parece ainda mais trabalho ter que se preparar para as férias. Mas acontece que, se não dermos alguns passos fundamentais, vamos acabar sabotando o nosso tempo livre. Matt Richtel escreveu para o New York Times, no ano passado, sobre como encontrar uma maneira de evitar o que ele chama de "a armadilha dos sete dias", ou de um final de semana prolongado: "por três dias você fica impaciente para relaxar, por dois dias você relaxa mesmo e, depois, você tem dois dias de pavor antes de voltar ao trabalho."

Ele não quis dizer que - ter que lembrar o chefe das suas férias, deixar tudo detalhado, quem vai cobrir o quê e que poderá enviar e-mails em caso de emergência - tudo isso seja um trabalho a mais. A ideia de Richtel é que um cérebro ocupado pode afetar o descanso e que é quase impossível pedir à mente para se acalmar em um instante. Nessa vibe, aqui estão alguns passos de combate ao estresse que vão ajudar a mudar o seu funcionamento de modo de trabalho para modo de férias - e vice-versa.

1. Não se estresse em querer deixar tudo do jeito que você gostaria que estivesse na volta.

montagem_férias

Talvez você já tenha ouvido falar que uma mesa sem bagunça é uma mente limpa ou talvez você trave batalhas constantes para esvaziar sua caixa de entrada de e-mail. "Muitos de nós nos estressamos em fazer trabalho extra antes de sair na esperança de reduzir a quantidade de trabalho ao voltar", diz o psicólogo J. Kip Matthews, vice-presidente da empresa baseada na Geórgia, AK Counseling and Consulting" Mas parece que sempre haverá um montão de trabalho na sua volta", não importa o quanto você tenha se preparado, admite.

Embora algumas pessoas possam se beneficiar de um pouco de tempo gasto na preparação antecipada, isso não fará com que o retorno seja mais fácil para todos, diz Teri Bourdeau, professor clínico no Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Estado de Oklahoma. Para outros, a preparação só acrescenta mais estresse, diz Matthews. "Concentre-se e priorize as tarefas que têm prazo enquanto você estiver fora", diz, e coloque os itens menos importantes - como organizar seus papéis - em banho-maria.

2. Não fique acessível demais

não fique acessível demais

A pressão do chefe pode fazer você se sentir forçado a dizer que entrará em contato todos os dias. Não faça isso! Ao descrever seus planos, seja vago com uma casual promessa de checar o que há de novo de vez em quando. "Quanto mais checarmos nosso e-mail e respondermos aos telefonemas, mais estaremos treinando nossos colegas e chefes que estamos disponíveis 24 horas todos os dias", diz Matthews. "Assim eles não vão tentar descobrir formas alternativas de satisfazer as suas necessidades sem você estar lá."

3. Pratique

Quando você avisar que só estará disponível de vez em quando durante seus dias de folga, pratique desconectar-se enquanto trabalha. Richtel sugere a prática de mudar para o modo de férias alguns dias antes da saída de férias para evitar o que é, essencialmente, a mania de estar constantemente conectado. Desligue o telefone antes de dormir ou saia do escritório à tarde, para andar, mostrando ao seu cérebro que nos próximos dias será assim.

pare um pouco

4. Nivele suas expectativas

se prepare para contratempos

Seu voo pode ser adiado. Pode chover no dia que você pretende andar de jet ski. Percalços e colapsos acontecem, mas eles não têm que arruinar a sua viagem. Bourdeau sugere planejar atrasos nos voos. "Coloque uma lista extra de músicas no seu iPod ou leve um livro a mais para ler", diz ela, assim você se sentirá produtivo - ou pelo menos motivado a relaxar - mesmo se os planos mudarem.

"Esteja totalmente presente e aproveite o momento como ele se apresenta", sugere Matthews. Se você se mantém aberto a novas experiências e aventuras, você pode perceber que sentar-se no convés, observar a chuva cair na prancha de surf, e respirar ar fresco resulta em uma experiência sensorial absoluta. "Pode ser que você não consiga empinar uma pipa na praia, mas ficar atento em como encarar as férias pode ser tão gratificante quanto", diz ele.

5. Lembre-se que você está de férias

lembrese que está de férias

"Esta não é apenas uma extensão do seu trabalho em um local diferente," diz Matthews. "O problema com a vontade de verificar o e-mail ou correio de voz é que você nunca está completamente ‘desligado’, você não está recebendo umas férias mentais do trabalho", diz ele. Você ganhou essas horas de folga por uma razão - sem elas você ficará sobrecarregado.

6. Faça algo um pouco diferente com o seu telefone

uso do smartphone

Você não tem que renunciar à tecnologia, já que ficar totalmente fora de contato pode causar mais estresse, mas especialistas incentivam os empregados a desconectarem-se o máximo possível. "Limitem suas ligações ou e-mails em uma parte do dia, digamos que por 30 minutos, quando você poderá dar uma olhada nas mensagens, para aliviar essa ansiedade que faz você pensar que o mundo está desabando sem você", diz Matthews.

"Concentre-se no espírito das férias e desligue (ou configure de vez seu celular) para que você não possa ouvi-lo tocar", aconselha Bourdeau, "mas você poderá verificá-lo em poucas horas." A maioria de nós pode se sentir um pouco mais tentado quando se trata de limitar o uso de smartphones, e isso nasce da preocupação constante de que estamos perdendo algo em casa, ela diz: "Se você está preocupado com o que está perdendo, você está perdendo aquele momento."

7. Agende uma atividade

planeje e anote

Ter menos coisas para fazer, de repente pode parecer estranho. "Se você tem andado bem nervoso e agitado com o trabalho, pode demorar alguns dias para você relaxar e ficar presente nas férias", diz Matthews. Programar suas férias com eventos demais e sentir-se obrigado a fazer tudo provavelmente não é a solução. Mas ter uma estrutura mais livre para o seu dia ou semana - contanto que você seja flexível o suficiente se por exemplo chover – você pode manter o seu cérebro ativo quando os planos mudam.

8. Lembre-se que está tudo bem

está tudo bem

Voltando ao assunto de trabalho, eles ficarão sem você, e isso não significa que você será despedido. Especialmente em uma economia difícil, os funcionários se preocupam de que, ao criar limites para preservar a santidade das férias, isso possa ser mal visto pelo chefe, diz Matthews. Ou que, se tudo correr sem problemas, eles não precisarão mais de você por perto. "Se você fez um bom trabalho delegando e estabelecendo prazos antes de sair, vá em frente e defina o seu limite", diz ele. E se você documentou o que você delegou, está provada a sua importância, já que você é responsável pelo seu tempo livre acontecer de forma tão natural, diz ele: "Não custará o seu emprego se você desligar o telefone por uma hora."

Ou seja, pergunte a si mesmo, como quer se lembrar de suas férias, diz Bourdeau. Quando você se recordar das suas férias, será você em um telefone celular, diz ela, ou em um momento especial com a pessoa amada? Você decide.

(Tradução: Simone Palma)

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.