NOTÍCIAS
14/07/2015 20:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:52 -02

Nova plataforma de financiamento coletivo ajuda vítimas de tráfico humano a voltarem para casa

iStock

Mira* tinha 14 anos quando saiu de sua cidade pobre na Indonésia com a promessa de um trabalho lucrativo num restaurante em Singapura. Em vez disso, ela recebeu documentos falsos que a identificavam como uma mulher de 19 anos e passou dois anos servindo singapurenses ricos – fazendo trabalho sexual num hotel em vez do trabalho de garçonete que lhe tinham prometido.

Agora Mira tem 16 anos e tenta desesperadamente recomeçar sua vida. Seu sonho é voltar para a Indonésia e se matricular num curso de cabeleireira. O custo da viagem, atenção médica, reintegração e treinamento vocacional é de US$ c2.600 (cerca de R$ 8.400).

Histórias como a de Mira são perturbadoramente comuns; além da recuperação mental e física, muitas vítimas de tráfico humano enfrentam enormes obstáculos financeiros quando tentam reconstruir uma vida depois da escravidão. Agora existe uma plataforma de financiamento coletivo que visa ajudar essas pessoas, o 6degree. O que o Kickstarter faz pela web série dos seus amigos, o 6degree espera fazer pelas vítimas de tráfico humano: dar esperança, dinheiro e a chance de um novo começo.

"O 6degree foi lançado semana retrasada como uma parceria entre a Microsoft e a organização sem fins lucrativos IOM X, a iniciativa antitráfico humano da Organização Internacional de Migração. Como um dos primeiros portais de financiamento coletivo voltados para ajudar a doar dinheiro diretamente às vítimas do tráfico, o 6degree compartilha histórias de sobreviventes com mapas simples e explicações fáceis.

A australiana Miranda Simpson foi a primeira pessoa a fazer uma doação pelo site. A profissional de marketing escolheu ajudar Xiao, uma indonésia de 23 anos forçada a trabalhar como doméstica e fisicamente maltratada por seis anos antes de ser abrigada pela IOM-X. Xiao agora espera que os US$ 1.500 a levem para casa, com direito a tratamento de saúde e treinamento vocacional. Um terço do dinheiro já foi levantado pelo 6degree.

LEIA MAIS:

- As mulheres de Uganda que não conseguem usar banheiros sem temer doenças e estupro

- Por dentro dos métodos de controle mental que o Estado Islâmico utiliza para recrutar adolescentes

- Como é o food truck à cubana