COMPORTAMENTO
07/07/2015 14:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:38 -02

Este adolescente tem Síndrome de Asperger e deu uma lição aos 'valentões' que o atacaram

O mundo pode ser um lugar bem cruel de vez em quando: Gavin Stone foi diagnosticado com Síndrome de Asperger e Transtorno de Déficit de Atenção quando ele era apenas uma criança. Desde então, sua mãe, Cortnie, conta que a família já encarou momentos desafiadores e verdadeiramente felizes.

asperger menino

De acordo com um post escrito por Cortnie em seu perfil no Facebook, o adolescente tem dificuldades em manter relacionamentos e costuma se isolar: “Ele pode aparentar ser rude, impaciente, ‘esquisito’ ou desinteressado, mas isso não é intencional. Ele também pode ser amável, generoso, mas até esses traços podem parecer estranhos às vezes porque o seu aprendizado não é natural“.

Gavin trabalhou duro para aprender a se comportar socialmente, mas ele ainda tem desafios: “Ser um adolescente com Asperger é difícil porque, de repente, as pessoas ao seu redor estão ‘quebrando’ os padrões sociais que você aprendeu ao longo dos anos“, ela completou.

Mesmo com todas essas dificuldades, no entanto, Gavin conseguiu seguir sua vida normalmente: ele se formou no colegial e tem amigos. Na semana passada, no entanto, algo horrível aconteceu: Gavin apanhou de garotos que ele não conhecia.

arperger

“Na quinta à noite, algumas crianças estavam conversando sobre como era ‘estranho’ que ele estava sempre sozinho, indo a eventos sociais sozinho e vendo pessoas, e que era ‘bizarro’ como ele queria ser amigo de pessoas que ele não conhecia. Então, na quarta à noite, um adolescente que ouviu a conversa resolveu assumir o controle da situação, agindo como juri e juiz, e foi isso que aconteceu. Ele não perguntou nada, ele não quis conhecer Gavin e não lhe deu uma chance de fugir. Ele foi chamado para encontrar alguém, foi encurralado por pessoas que ele não conhecia, estrangulado, socado e deixado no chão para que ele aprendesse a lição“, sua mãe contou no Facebook.

No entanto, em de ir até a polícia e prestar queixas contra os garotos que o atacaram, Gavin espera que o caso aumente a consciência das pessoas sobre sua condição. Ele pediu para que o serviço comunitário que os rapazes escrevem uma redação sobre a Síndrome de Asperger e que assistam a “um vídeo de 20 minutos que ele gravou sobre o caso para eles verem o mal que eles causaram”.

adolescente

asperger

A história de Gavin viralizou na internet após a mãe de um amigo do jovem adolescente compartilhar a mensagem de Cortnie — desde então, o post já foi publicado em mais de 140 000 timelines do Facebook. Elas esperam que algo de bom saia do que aconteceu com seu filho: “Se você está lendo isso, espero que você converse com os seus adolescentes, e conte para eles sobre as deficiências que eles não podem ver“.