NOTÍCIAS
02/07/2015 10:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:35 -02

Para pressionar sociedade chinesa, casal gay faz cerimônia emocionante em Pequim

AP Photo

Embora o casamento gay não seja legal na China, Li Tingting e Teresa Xu resolveram se casar em uma cerimônia informal com um motivo nobre: pressionar o governo e a sociedade para que haja reconhecimento legal da união de casais do mesmo sexo no país.

A união das duas foi celebrada em um restaurante em Pequim, poucos dias depois da decisão da Suprema Corte dos EUA definir que o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal em todo o território americano.

"Todo mundo na China estava celebrado a decisão, mas é uma lei americana. Que aplicação isso tem na China? Pensamos que poderíamos fazer algo sobre isso", afirmou Li - que já foi detida no país por militar pelos direitos das mulheres - ao site Pink News.

De acordo com a CNN, o casal queria ir ao cartório, mas a polícia alertou as duas para que "não fizessem cena". Elas também foram interrogadas sobre a cerimônia, segundo o South China Morning Post.

A homossexualidade foi descriminalizada na China em 1997 e, poucos anos depois, removida da lista de doenças mentais. Embora o país não conte com uma resistência religiosa tão forte como a que há nos EUA, por exemplo, o maior problema por lá é a pressão familiar.

Casamento gay na China