NOTÍCIAS
23/06/2015 17:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

'Todo mundo tem direito de criticar, ainda mais o ex-presidente', diz Dilma sobre Lula

Montagem/Estadão Conteúdo

A presidente Dilma Rousseff minimizou mais uma vez as críticas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao seu governo e ao partido. "Acho que todo mundo tem direito de criticar, ainda mais o presidente Lula, que é muito criticado por vocês”, disparou a mandatária.

Esta foi a declaração feita à única pergunta que respondeu a jornalistas no Rio, após participar das comemorações do Dia Olímpico e de uma reunião com o comitê Rio 2016, com o governador fluminense Luiz Fernando Pezão e com o prefeito do Rio, Eduardo Paes.

A presidente não aprofundou os comentários e deixou a fala aberta a interpretações. Um dos vice-presidentes do PT, o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (CE), também evitou fomentar as queixas do petista, mas deixou escapar que, no momento, as críticas são pertinentes “internas e não públicas”. Segundo ele, pelo menos, no Nordeste, o partido vai bem e ainda pode se recuperar.

“Ele (Lula) é um ser humano como qualquer outro. Nossa preocupação agora é retomar o crescimento da economia brasileira. Quem ganha eleição é economia, é bolso. Não é nada de outra coisa. Se a economia retoma o processo de crescimento em 2016, não tenho a menor dúvida que nós vamos sair bem. Tem muita água para rolar ainda."

Em palestra em seu instituto, nessa segunda (22), Lula disse que o partido está "velho e viciado em poder" e que "só pensa em cargos”.

(com Estadão Conteúdo)