COMPORTAMENTO
23/06/2015 16:08 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:32 -02

Fui a uma conferência bizarra sobre como o aborto afeta os homens

Reprodução


Você conhece algum cara que está sempre nervoso, bebe muito ou comprou um carro esportivo caro do nada? Um cara muito imaturo e ruim de cama? Ou até um cara gay?

Bom, acontece que ele pode ser assim porque a mulher que ele engravidou fez um aborto – isso de acordo com as bizarras palestras da primeira conferência do Canadá sobre homens e aborto realizada pela Aliança pela Vida Ontário no final de semana passado.

Cruzei com o cartaz do evento e fiquei intrigada com a foto do cara cabisbaixo com a mão na testa enquadrada pelo título: "Homens & Aborto: Reclamando a Paternidade e Encontrando Paz".

Mesmo sendo uma defensora ferrenha do direito de escolha das mulheres, fiquei me sentindo mal pelo cara e queria saber qual era a do evento. Assim, fui a Niagara Falls na sexta passada e me sentei no meio de centenas de pessoas pró-vida, uma multidão formada principalmente de brancos de meia-idade; divididos igualmente entre homens e mulheres, eles estavam enfiados numa sala de conferência do Crowne Plaza. Jakki Jeffs, diretora executiva da Aliança pela Vida Ontário, começou os trabalhos dizendo que o evento não era voltado para nenhuma religião, mas logo depois partiu para uma oração em nome de Jesus.

"Ajude-nos a ser pacientes, a sair dessa conferência com a coragem e a integridade absolutas de sermos capazes de compartilhar a verdade sobre o outro lado da história do aborto", ela pediu.

[Continue lendo aqui]

LEIA MAIS:

- Coisas que as pessoas deixam para trás nos provedores

- A menina que viverá para sempre