NOTÍCIAS
15/06/2015 08:17 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Bicampeão mundial com a seleção brasileira, ex-volante Zito morre aos 82 anos

Montagem/Estadão Conteúdo e Instagram

O ex-volante da seleção brasileira Zito, bicampeão mundial em 1958 e 1962 e peça-chave do fantástico time do Santos liderado por Pelé na década de 1960, morreu aos 82 anos, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nesta segunda-feira (15).

Zito, apelido de José Ely de Miranda, morreu em casa, em Santos. Há cerca de um ano ele sofreu um acidente vascular cerebral que debilitou sua condição de saúde.

O jogador marcou um dos gols do Brasil na vitória de virada sobre a Tchecoslováquia por 3 x 1 na final da Copa do Mundo de 1962, no Chile.

Depois de se aposentar dos gramados, Zito trabalhou como diretor do Santos e foi um dos responsáveis por revelar jovens jogadores de destaque, sendo Neymar o principal deles.

O camisa 10 da seleção, que está no Chile para a disputa da Copa América este mês, publicou uma foto ao lado de Zito no Instagram.

"Não tenho palavras para descrever esse cara, simplesmente agradeço tudo que fez por mim, por ter acreditado e me ajudado no começo da minha carreira! Descanse em paz, fez muito por nós aqui... Obrigado ZITO!", escreveu Neymar na rede social.


Neymar garante vitória, mas Dunga prefere focar no coletivo

Neymar marcou o primeiro, deu o passe para o segundo e ganhou o prêmio de melhor da partida na vitória do Brasil por 2 x 1 contra o Peru na estreia na Copa América, no domingo, mas o técnico Dunga preferiu focar na performance do time do que na atuação brilhante do camisa 10.

Dunga fez três substituições no segundo tempo, a mais importante sendo a troca de Diego Tardelli por Douglas Costa, que marcou o gol da vitória nos acréscimos da etapa final.

"Neymar foi decisivo, mas Dani Alves foi decisivo, Miranda foi decisivo em certos momentos, Douglas Costa foi decisivo", disse Dunga a repórteres após a partida.

"O Neymar deu passe para gol, o Dani Alves também deu passe. O Neymar fez gol, mas o Douglas Costa fez o gol. Teve contribuição de toda a equipe", acrescentou.

Com o resultado da partida contra o Peru disputada em Temuco, no sul do Chile, o Brasil empata com a Venezuela na liderança do Grupo C, ambos com três pontos.

A seleção voltará a campo na quarta-feira contra a Colômbia, e encerra a participação na primeira fase contra a Venezuela no próximo domingo.

LEIA TAMBÉM

- EUA examinam pagamentos da Nike em patrocínio da seleção brasileira

- Copa do Mundo: 7 motivos para sentir saudade do campeonato mundial

- Piada sobre Joseph Blatter e Jêrome Valcke custa o emprego de Walter de Gregorio, diretor de comunicações da Fifa