ENTRETENIMENTO
12/06/2015 19:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

5 filmes clássicos sobre amor doentio (FOTOS)

Você já deve ter ouvido de algum amigo ou amiga o seguinte conselho: não dependa de quem você ama, pois se o relacionamento terminar, você pode acabar no fundo do poço.

Para algumas pessoas, uma decepção amorosa pode ser o que deslancha um mundo de frustrações, tristezas e fragilidades. O apego pode se transformar em obsessão. E o cinema, no decorrer das décadas, nos brindou com personagens e histórias antológicas que dão vida a esses casos.

Nesta sexta-feira (12), Dia dos Namorados, vale ter algum senso de humor e resgatar filmes em que a obsessão transformou amores e relacionamentos em histórias mirabolantes de perseguição, violência e morte.

  • 'Um Corpo que Cai' (1958)
    Divulgação
    O detetive John 'Scottie' Ferguson (James Stewart) entra em profunda depressão após sua esposa, Madeleine (Kim Novak), cometer suicídio. Ao conhecer Judy (Novak), mulher de incrível semelhança à Madeleine, Scottie se apaixona por ela. Quando a identidade de Judy torna-se questionável, o detetive mergulha numa espiral de obsessão e paranoia. Ele a persegue e quer transformá-la em Madeleine a todo custo. Clássico imortal, Um Corpo que Cai é dirigido pelo lendário Alfred Hithcock.
  • 'Lolita' (1962)
    Divulgação
    Dirigido por Stanley Kubrick e baseado no livro homônimo de Vladimir Nabokov, Lolita causou polêmica por tratar de uma relação entre um homem adulto, Humbert Humbert (James Mason) e uma garota de 13 anos (a personagem-título interpretada por Sue Lyon), em um nítido caso de pedofilia. Após a morte da mãe de Lolita, Humbert leva a enteada a uma viagem pelos Estados Unidos, fingindo ser seu pai, em uma relação marcada pela obsessão.
  • 'Atração Fatal' (1987)
    Reprodução
    Dan (Michael Douglas), um homem de negócios, e Alex (Glenn Close), uma editora de livros, se envolvem em um fim de semana em que a família de Dan está viajando. No entanto, para Alex, o envolvimento não foi casual: ela se apaixona por Dan. Alex o persegue e quer chamar sua atenção – tenta se matar, finge uma gravidez e chega a matar o coelho de estimação da filha de Dan. Tudo isso porque ela quer ficar com ele. Segundo especialistas, Alex tem transtorno de personalidade borderline. Close foi indicada ao Oscar pelo papel. Atração Fatal conseguiu outras cinco indicações, incluindo melhor filme. O diretor é Adrian Lyne.
  • 'Garota Exemplar' (2014)
    Divulgação
    Amy e Nick, interpretados por Rosamund Pike e Ben Affleck, respectivamente, têm um dos casamentos mais sombrios e complexos já retratados em Garota Exemplar. Ela simplesmente desaparece no quinto aniversário de casamento de ambos – e Nick é o principal suspeito. Em seus 149 minutos de tensão e reviravoltas, o filme explora as nuances psicológicas de suas personagens. Nenhuma delas é confiável, basicamente. Este thriller de congelar a espinha é dirigido por David Fincher. Pike foi indicada ao Oscar por sua ótima atuação. Um novo clássico.

VEJA TAMBÉM:

- 20 filmes inspirados nos livros de Stephen King

- Artista francesa Flore Maquin cria versões alternativas para cartazes de filmes e séries

- Clássicos do cinema 'O Iluminado' e 'O Grande Hotel Budapeste' ganham ótimo mashup

- As origens do feminismo estão no primeiro trailer de 'Suffragette'