NOTÍCIAS
10/06/2015 21:24 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02

Chimpanzés também ficam bêbados

iStock

Se os chimpanzés têm habilidades para cozinhar e comer alimentos cozidos por que não poderiam, de vez em quando, exagerar na bebida? Cientistas da Oxford Brookes University, na Inglaterra, descobriram que, assim como os humanos, os chimpanzés também ficam bêbados.

Nas reservas naturais da Guiné, na África, eles tomam a seiva fermentada de palmeiras de ráfia (Raphia hookeri), uma bebida levemente alcoólica, usada pelos africanos como "vinho de palmeira".

Assim que os habitantes extraem a bebida, chegam os macacos, que usam as folhas da planta para coletar o que restou. Eles tomam "a bebida alcoólica normalmente em grandes quantidades", de acordo com um estudo publicado nesta terça-feira no periódico inglês Open Science, da Royal Society.

Uma equipe de cientistas ingleses e japoneses acompanhou o comportamento dos 26 chimpanzés por quase 20 anos, entre 1995 e 2012.

Nos 51 momentos de bebedeira filmados e estudados pelos pesquisadores, alguns primatas ingeriram até 3 litros da bebida, com teor alcoólico que varia entre 3% e 6%, totalizando até 90 mililitros de etanol. Alguns apresentaram sinais de embriaguez.

Em um estudo anterior foi comprovado que humanos e chimpanzés têm a mesma mutação genética que possibilita o corpo a metabolizar o etanol. O estudo é mais uma evidência de que essa variante surgiu em um ancestral comum há cerca de 10 milhões de anos.

Confira abaixo o vídeo com os chimpanzés, disponibilizado pelo periódico: