NOTÍCIAS
08/06/2015 21:02 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02

'Ele achou que estávamos sendo grosseiros', diz jovem de 15 anos agredida por policial no Texas

Reprodução

Mais um episódio de violência policial contra negros nos Estados Unidos ganhou força nas redes sociais e, desta vez, levou ao afastamento de um oficial. O caso veio à tona após circularem imagens de uma batida policial em uma festa de adolescentes na piscina comunitária de McKinney, no Estado do Texas.

O vídeo, publicado no YouTube, mostra o momento em que o policial Eric Casebolt derruba uma garota de 15 anos, vestida de biquíni, no chão enquanto ela chorava e dizia "chamem a minha mãe".

Ele empurra a cabeça de Dajerria Becton contra o chão, a imobiliza e ajoelha em cima de suas costas. Depois disso, ele ainda apontou a arma para um grupo de garotos.

Em entrevista à Fox 4 News, Dajerria disse que o policial achou que eles estavam sendo "grosseiros" com ele.

"Ele mandou continuar andando e eu continuei andando. Então, eu acho que ele pensou que estávamos dizendo coisas rudes para eles", contou Dajerria.

Tatyana Rhodes, de 19 anos, organizou a festa com sua mãe e irmã, contou que a polícia foi acionada após vizinhos dispararem ofensas racistas contra o público da festa - formado por jovens, em sua maioria. Segundo Rhodes, um deles disse: "vocês deveriam voltar ao lugar de onde vieram".

"Eu acho que um monte de pais brancos estavam furiosos porque um bando de garotos negros que não vivem na vizinhança estavam na piscina", disse Brandon Brooks ao BuzzFeed.

O chefe de polícia McKinney Greg Conley disse hoje que uma investigação foi aberta para apurar a ação do policial.