COMPORTAMENTO
08/06/2015 12:07 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:24 -02

7 exercícios para quando você estiver com preguiça de se mexer

jpockele/Flickr

Às vezes a gente só quer ficar na cama ou no sofá, mesmo sabendo que deveria se levantar e fazer algum exercício. Quando bate aquela vontade de ficar vegetando, parece que a força da preguiça vai te dominar o dia inteiro.

Mas essa letargia não tem de te impedir de se mexer e obter os inegáveis benefícios da atividade física. Pode soar como blasfêmia para alguns, mas turnos intensos de cárdio, levantamento de peso e rios de suor escorrendo pelo seu rosto não são exigências de todos os tipos de exercício. Levar as coisas mais devagar também ajuda, ouvindo seu corpo e sentindo-se bem em relação ao que você efetivamente está fazendo para sair daquele estado apático -- por mínimo que seja.

Eis sete opções de exercícios simples pra quando a ideia de levantar do sofá te dá vontade de chorar.

1. Alongue.

alonguese

Vamos começar com o básico: nem precisa se levantar.

Acredite ou não, alguns especialistas dizem que alongamentos diários são tão importantes quanto exercícios regulares. Alongar faz muito bem para sua flexibilidade e para a amplitude de movimento das articulações. Também aumenta o fluxo de sangue para os músculos (http://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/fitness/in-depth/stretching/art-20047931), ajudando a “acordá-los”. Na cama ou no sofá, tire um tempinho para trabalhar cada grupo muscular com alongamentos suaves e dinâmicos.

Saiba que com esses movimentos você está fazendo um enorme favor para o seu corpo, por mais preguiçoso que esteja se sentindo.

2. Tente algumas poses de ioga restauradora.

Se você consegue rolar no chão, essa é fácil.

A ioga restauradora leva o alongamento um passo além, se concentrando em músculos particularmente doloridos que podem ser culpados pela sua preguiça. Essas seis posições vão te ajudar a relaxar o adutor preso, aliviar a pressão na lombar, abrir os quadris e aumentar o fluxo de sangue no cérebro. É um exercício rejuvenescedor e ao mesmo tempo relaxante.

Para tirar o máximo desses movimentos, tente passar vários minutos em cada posição, respirando devagar e permitindo que seus músculos relaxem completamente antes de passar para a próxima posição.

3. Aproveite os comerciais da TV.

aproveitar os comerciais

Se você estiver disposto a ficar em pé na frente da TV, em vez de sentado, vamos em frente.

Durante os comerciais, faça um circuito rápido. Agachamentos durante o primeiro comercial, flexões de braço no segundo e prancha no terceiro. Todos os principais grupos musculares serão trabalhados em menos de dois minutos.

Se você está no meio de uma maratona de Netflix, alterne entre esses mesmo movimentos na pausa entre episódios, ou quando seu personagem predileto solta seu bordão. Se você é mais um fã de esportes, pode usar aspectos do jogo como dicas para diferentes exercícios.

Descanso com uma ou outra série de exercícios no meio? O melhor dos dois mundos.

4. Use a escada.

use a escada

Só porque você não tem um Stairmaster de academia não quer dizer que não pode botar as pernas para trabalhar de forma semelhante. A cada meia hora, vá para a escada mais próxima e suba e desça alguns degraus, antes de voltar para o sofá. Só vai te tomar um ou dois minutos. Além disso, subir escadas queima de oito a nove vezes mais energia do que ficar parado no sofá – mais ou menos uma caloria para cada dez degraus.

5. Arrume a casa.

limpar a casa

Já que você está disposto a andar pela casa, por que não aproveitar para dar uma arrumadinha nas coisas?

Pegue o aspirador, a vassoura ou o espanador e ataque um cômodo por vez. Transformar essa tarefa doméstica no exercício do dia não é uma ideia tão absurda – você pode queimar 123 calorias passando aspirador, 133 calorias lavando roupa e 127 calorias varrendo ou passando espanador. Mate dois pássaros com uma pedrada só e volte para o aconchego do seu canto da preguiça sabendo que, apesar de sua inclinação pela imobilidade, você ainda consegue ser produtivo.

6. Caminhe.

caminhe

Essa é a que exige mais esforço – trocar as pantufas pelos sapatos e sair de casa.

Mas, se você conseguir encarar uma pequena aventura na rua, passeie pelo bairro. Se tiver um cachorro, melhor ainda. Esse tipo de exercício cardiovascular de baixo impacto faz maravilhas pela sua saúde física e mental e não exige demais. Se o ritmo lento for monótono, coloque sua playlist favorita para tocar. A música ajuda a te distrair.

7. Medite.

meditação

Se você simplesmente não consegue se forçar a tirar o corpo do estado sedentário, treine a cabeça. Encontre uma posição confortável, decida se é melhor ficar com os olhos abertos ou fechados e apenas respire. Essa prática de deixar os pensamentos ir e vir enquanto você fica no momento presente melhora sua capacidade de concentração, reduz o estresse e aumenta a sensação de felicidade. É capaz que, depois de sua mente se livrar de seus desejos preguiçosos, o corpo siga na mesma direção.

Este artigo foi originalmente publicado pelo HuffPost US e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- A razão da sua preguiça nas manhãs de segunda-feira

-Este filhote se recusa a acordar de uma soneca e deixa claro quais são suas prioridades (VÍDEO)

- 8 razões para se exercitar pela manhã