NOTÍCIAS

Boticário rebate críticas homofóbicas a nova campanha

01/06/2015 21:45 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:19 -02
Reprodução/Youtube

Depois que o Boticário lançou uma campanha para o Dia dos Namorados que mostrava casais do mesmo sexo, além dos casais heterossexuais, alguns consumidores reclamaram, indignados com o posicionamento da marca.

Um deles pessoas foi até o site Reclame Aqui, utilizado para fazer denúncias de desrespeito aos direitos do consumidor, para criticar a publicidade...

"Fiquei muito insatisfeita em assistir a um comercial onde ocorre a banalização das famílias no modelo tradicional, e onde aparecem famílias homossexuais, como se fosse normal. Não tenho preconceito com homossexuais. Inclusive luto para que encontrem o caminho de Deus. Não concordo com uma empresa desse tamanho, onde inclusive já prestei serviços, e onde meus filhos frequentam as lojas e tem (sic) acesso a produtos infantis, banalizar esse assunto. Acredito que milhares de outros cristãos como eu compartilham da mesma opinião. A mídia já está demasiadamente poluída. Se tem na novela, eu mudo de canal, mas a propaganda está em todos os meios. Não quero que meus filhos assistam essa propaganda. Tenho o direito de preservar a instituição família dentro da minha casa, e infelizmente o comercial do Boticário está ferindo esse meu direito", afirmou a consumidora.

...e recebeu uma resposta inesperada. A representante da marca mostrou que, independentemente da opinião de algumas pessoas, o Boticário irá mostrar todas as formas de amor.

"O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha 'Casais', que estreou em TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor - independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista".

boticário

Enquanto isso, nas redes sociais, alguns grupos pedem que se divulgue a campanha do Boticário, enquanto outros setores da sociedade pedem que o vídeo seja negativado no Facebook.

LEIA MAIS:

- Documentário independente quer mostrar a propaganda de cerveja ideal e sem machismo

- Este é o tipo de propaganda publicitária que não queremos mais ver

- Publicidade Infantil: Um ano após aprovação da proibição, marcas começam a ser autuadas