NOTÍCIAS
30/05/2015 12:03 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:19 -02

Mais de 4.200 pessoas são resgatadas em botes tentando chegar à Europa

Reuters

Mais de 4.200 imigrantes que tentavam chegar à Europa foram resgatados em botes no Mar Mediterrâneo nas últimas 24 horas, disse neste sábado a Guarda Costeira italiana.

Em um dia que registrou um dos mais intensos tráfegos de imigrantes no ano, um total de 4.243 pessoas foram salvas em barcos pesqueiros e botes infláveis em 22 operações envolvendo navios de Itália, Irlanda, Alemanha, Bélgica e Grã-Bretanha.

Na sexta-feira, a marinha italiana afirmou que 17 corpos foram encontrados em um dos barcos perto da costa da Líbia. Não há informações sobre a nacionalidade e a causa da morte dessas vítimas. Muitos imigrantes que fogem das guerras e da pobreza na África e no Oriente Médio estão desembarcando na Itália neste ano.

O país é o que mais tem atuado nas operações de resgate no Mar Mediterrâneo. A maioria das embarcações sai da Líbia, que se tornou uma anarquia depois que forças ocidentais lideraram uma revolta que derrubou Muammar Gaddafi em 2011.

O mar calmo tem ajudado no aumento do tráfego. No ano passado, cerca de 800 imigrantes morreram afogados no Mar Mediterrâneo após um barco pesqueiro de 20 metros afundar após partir da Líbia.