NOTÍCIAS
29/05/2015 17:41 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:19 -02

Receita Federal diz que investiga fraudes no futebol desde 2002

Montagem/GettyImages/Reuters

Em resposta às investigações de corrupção que recaem sobre executivos e dirigentes da Fifa, a Receita Federal do Brasil emitiu uma nota em que afirma que já realiza investigações de fraudes no futebol desde 2002, o que resultou na cobrança de tributos, multas e juros no valor de R$ 4,470 bilhões.

Já foram investigadas 96 pessoas físicas e jurídicas em três operações especiais de fiscalização. De acordo com a Receita, "algumas das pessoas citadas na recente operação promovida no âmbito do Poder Judiciário dos Estados Unidos da América estão no rol das autuações', porém, devido ao sigilo fiscal, os nomes não podem ser divulgados.

A Receita Federal afirma que sua área de inteligência já acionou formalmente o Internal Revenue Service (IRS), a Receita norte-americana, pedindo informações da operação envolvendo pessoas ligadas à Fifa e solicitou acesso às provas que ainda não tenha m chegado a seu conhecimento.

LEIA MAIS:

- Talvez tenhamos de boicotar a FIFA para salvar o futebol

- Príncipe jordaniano desiste e Blatter é reeleito presidente da Fifa pelo 5º mandato

- Del Nero não vai renunciar à presidência da CBF: 'Não recebi dinheiro'