ENTRETENIMENTO
29/05/2015 12:48 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

'Mad Max: Estrada da Fúria' é um 'filme para homens'? Tom Hardy responde – e MUITO bem (VÍDEO)

O filme Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road) tem sido um dos principais assuntos desde sua estreia neste mês, principalmente por ser considerado feminista. E, no último Festival de Cannes, em entrevista coletiva com a imprensa que reuniu o diretor do filme, George Miller, e os atores Tom Hardy, Charlize Theron e Nicholas Hoult, o assunto foi trazido à tona de maneira não muito... Inteligente, digamos, por Peter Howell, crítico do jornal canadense Toronto Star. Ele perguntou a Hardy, protagonista do longa:

"Tom, vou começar dizendo que eu tenho cinco irmãs, uma filha, uma esposa e uma mãe, então eu sei o que é ser desarmado pelo estrogênio. Só gostaria de te perguntar, enquanto você lia o script, pensou 'Por que todas essas mulheres estão aqui? Pensei que esse filme devia ser para homens!'"

Após aquele momento de silêncio desconfortável, o ator inglês (repare na cara que ele fez!) respondeu: "Não. Nem por um minuto".

Depois dos aplausos, Hardy completou:

"Isso é meio que óbvio. No que se refere a termos um roteiro, teria sido bom. Isso foi 'meio' que uma preocupação para mim. Foi um luxo que não tivemos".

Como você pode ver no vídeo acima, tanto elenco e diretor quanto jornalistas presentes reagiram positivamente à fala de Hardy. "Bom para você!", disse Charlize Theron para seu colega.

Ao BuzzFeed, Howell disse que não escolheu as palavras adequadas para elogiar a escolha de Hardy de ter participado do novo Mad Max, em que tantas mulheres fortes assumem papéis frequentemente atribuídos a homens em blockbusters de Hollywood. "Minha intenção era ser o oposto de machista. Acho que muitos atores famosos teriam se recusado a fazer o papel, mas Hardy é de uma leva especial", disse.

LEIA TAMBÉM:

- 5 motivos pelos quais 'Mad Max: Estrada da Fúria' é um filme feminista

- 'Mad Max: Estrada da Fúria' e 'Mario Kart' se unem neste ótimo mashup

- Mad Max: filme de ação é coisa de mulher, sim!