NOTÍCIAS

Bichos de estimação aumentam em 60% sua chance de fazer amigos

15/05/2015 01:21 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02
Shutterstock / Tayhutch

Ter um cachorro ou gato em casa é muito mais do que ter uma companhia agradável para brincar todos os dias.

Um novo estudo, publicado pela revista científica PLoS One, mostrou que os bichos de estimação podem ajudar seus donos a fazer mais amizades e ter apoio social quando precisam.

Pets 'exóticos' como coelhos e cobras também trazem esse benefício para seus "melhores amigos humanos".

Para o estudo, os pesquisadores entrevistaram 2.700 homens e mulheres de quatro cidade americanas: Perth, na Austrália; San Diego, Portland e Nashville. Eles foram questionados sobre como se relacionavam com a vizinhança.

De acordo com os resultados, ter um bicho de estimação era o terceiro motivo mais citado como forma de conhecer pessoas no bairro. O primeiro era "ser vizinho" e o segundo "frequentar ruas e parques locais".

Segundo o resultado, quem tem cachorro ou gato está 60% mais propenso a conhecer pessoas novas, em comparação com aqueles que não tinham bichos de estimação.

Os donos de cães -- que geralmente são levados diariamente para passear -- tinham mais probabilidade de fazer amizade com alguém que também possuia um bicho de estimação.

"Ter um pet é um fator significativo para facilitar a interação social e o início de novas amizades dentro do bairro", escreveram os autores do artigo.

"Para os donos de animais, isso se traduz em novas fontes de apoio social, tanto de natureza prática como de apoio emocional".

Outras pesquisas já mostraram que os animaizinhos ajudam a melhorar a saúde física e mental dos humanos.

Entre os principais benefícios está o aumento de exercícios físicos que, consequentemente, colabora para a manutenção do peso, saúde cardiovascular e redução do stress.