NOTÍCIAS
15/05/2015 12:01 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

9 curiosidades sobre B.B. King, o ‘rei do blues'

Paul A. Hebert/Invision/AP
BB King performs at Club Nokia on November 11, 2011 in Los Angeles (Photo by Paul A. Hebert/Invision/AP)

Lenda do blues norte-americano, B.B. King morreu na noite desta quinta-feira (14), em Las Vegas (EUA), por volta das 21h40 (hora local, 1h40 desta sexta-feira de Brasília), aos 89 anos. O músico, segundo o seu advogado, Brent Bryson, morreu tranquilamente em sua cama. Os preparativos do funeral já estão em andamento, informou Bryson.

King sofria de diabetes e mostrou declínio no seu estado de saúde no último ano. O bluesman desmaiou durante um concerto em Chicago em outubro passado - na ocasião, alegou que os motivos eram desidratação e exaustão. Ele passava por cuidados paliativos em sua casa, em Las Vegas.

No último dia 1º de maio, ele deixou uma última mensagem aos fãs, afirmando que seguia sob cuidados médicos e agradecendo às orações e mensagens de carinho. Eis 9 curiosidades sobre a lenda do blues:

1. O principal professor de guitarra de King foi seu primo, o bluesman Bukka White.

2. Na lista de 2003 dos 100 maiores guitarristas de todos os tempos, a revista Rolling Stone classificou King como No. 3, atrás apenas de Jimi Hendrix e Duane Allman.

4. Em 1956, King e sua banda fizeram 342 apresentações.

5. King expandiu enormemente sua base de fãs para plateias de jazz, folk e rock em 1967, tocando no festival de jazz de Montreux, no Newport Folk Festival e no Fillmore West, em San Francisco.

6. King fez seu 10.000º show em 17 de abril de 2006, na sua casa noturna que leva seu nome em Nova York. Ele tocou apesar de ter enterrado seu filho, que morreu de câncer, no dia anterior.

7. King apareceu nos programas de TV “Vila Sésamo”, "Um Amor de Família”, “Um Maluco no Pedaço”, “Sanford and Son", "The Young and the Restless" e "The Cosby Show".

8. Como um disc-jóquei em uma estação de rádio de Memphis, no Estado do Tennessee, Riley B. King ficou conhecido como "The Beale Street Blues Boy", que foi encurtado para "Blues Boy" e, por fim, para "B.B.".

9. King estava interpretando em Twist, Arkansas, quando dois homens começaram a brigar por uma mulher e, acidentalmente, incendiaram o salão de baile. King teve de correr para salvar a sua guitarra, que ele começou a chamar de Lucille, o nome da mulher que inspirou a briga.

(Reportagem de Bill Trott)

LEIA MAIS:

- B.B. King, o 'Rei do Blues', morre aos 89 anos em Las Vegas (EUA)

- Eric Clapton: 'Obrigado, do fundo do meu coração'