MULHERES
13/05/2015 10:03 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

Antes do parto, gestante poderá pedir táxi e enviar conta à Prefeitura de São Paulo

Shutterstock / nattanan726

Entre os 35 projetos aprovados na terça-feira, 12, pela Câmara Municipal da cidade de São Paulo está o do vereador Jair Tatto (PT) que institui o "Vale Taxi Gestante".

O projeto oferece um "vale-taxi" para gestantes irem ao hospital na hora do parto. O benefício é para mulheres de baixa renda e é válido para os hospitais públicos municipais, tanto na ida quanto na volta para a casa.

A ideia é assegurar que a mãe, nas horas que antecedem o parto, tenha um deslocamento seguro de sua casa ao hospital ou maternidade, acompanhada ou não de um familiar.

"A mulher que estiver prestes a dar à luz poderá ser atendida por um táxi", disse Tatto.

Para ter acesso ao vale, as mulheres devem fazer um cadastro na Secretaria Municipal de Assistência Social e entregar um bilhete específico para as viagens. Posteriormente, o taxista será reembolsado pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

O projeto segue agora para a sanção.

(Com informações de Conteúdo Estadão)