NOTÍCIAS
23/04/2015 17:46 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:54 -02

Professores em greve tentam invadir a Secretaria da Educação em São Paulo

Estadão/Luis Carlos Barbosa

Durante um protesto de professores da rede estadual de São Paulo, um grupo de manifestantes tentou invadir o prédio da Secretaria da Educação, no centro da capital, na tarde desta quinta-feira (23).

A confusão aconteceu após representantes da Apeoesp (sindicato dos professores estaduais de SP) se reunirem com o secretário estadual da Educação, Herman Woorvaldcom. No entanto, professores e governo não entraram em acordo e, a paralisação, que já dura 39 dias, continua.

Boa tarde lutadores e lutadores..Após horas de reunião o governo, em uma demonstração de desrespeito e indiferença com...

Posted by Apeoesp - subsede Sumaré on Quinta, 23 de abril de 2015


Segundo o G1, os manifestantes tentaram usar pedaços de pau para tentar arrombar a porta do prédio. Na tentativa de conter a ação, a Polícia Militar usou bomba de gás lacrimogênio e gás de pimenta, de acordo com a Folha de S.Paulo.

Ainda segundo o jornal, a polícia estima que havia 350 manifestantes. Depois o grupo seguiu pelo centro, prejudicando o trânsito na região.

A greve

Os professores da rede estadual se mobilizaram para reivindicar melhorias na educação e, principalmente, reajuste salarial de 75,33%. O sindicato afirma que o valor ajustado se igualaria às demais categorias com formação de nível superior – atualmente, o piso dos professores estaduais é de R$ 2.415,89.