NOTÍCIAS
22/04/2015 20:14 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:53 -02

ASSISTA: Líder do governo argumenta que terceirização permite 'pejotização'

O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), definiu a aprovação do PL 4330/2004, que regulamenta e amplia a terceirização, como uma maneira de deixar o empregado refém da empresa.

“É colocar todo mundo ao sabor da empresa, que contrata. Isso não é bom e desrespeita inclusive aquilo que já conquistamos na CLT”, resumiu.

No vídeo feito pelo Brasil Post, ele argumenta ainda que a proposta tira os direitos do trabalhador.

“Você estabelece o processo de terceirização ampla e irrestrita, as regras não são claras e permite a ampliação da ‘pejotização’.”

Com a aprovação da ampliação da terceirização para todas as atividades na Câmara, a expectativa do deputado é que o Senado trave a proposta.

LEIA TAMBÉM:

- Elementos críticos da Lei da Terceirização

- Três argumentos em favor da terceirização