NOTÍCIAS
09/04/2015 22:19 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

Pessoas baixas têm maior risco de sofrer doença arterial coronariana, diz estudo

iStock

Quanto mais baixinha uma pessoa, maior o risco de desenvolver doenças arteriais coronarianas.

Isso é o que diz uma pesquisa da Leicester University. Os cientistas analisaram 200 mil participantes e descobriram que a cada 6,5 centímetros a menos, o risco de doenças cardíacas sobe 13,4%.Ou seja, uma pessoa com 1,50 metro de altura tem 30% mais chances de sofrer do coração que uma de 1,70.

A análise levou em conta 180 genes, isolando fatores como a alimentação, a condição socioeconômica, o diabetes e a pressão.

"Há mais de 60 anos, sabemos que há uma relação inversa entre altura e risco de doença coronária", disse o pesquisador-chefe sir Nilesh Samani, professor da University of Leicester. "Agora, mostramos que a associação entre altura e risco de doenças é uma relação primária, e não tem a ver com outros fatores".

A doença arterial coronariana é acontece quando placas de gordura grudam na parede das artérias e obstruem o fluxo sanguíneo para o coração, aumentando muito o risco de ataque cardíaco. Hoje, esta é a causa mais comum de morte prematura no mundo.

O estudo foi publicado nesta quarta no New England Journal of Medicine.

LEIA MAIS

- Viagra pode fazer bem para o coração, dizem cientistas

- Como os efeitos do estresse no coração são diferentes para homens e mulheres