NOTÍCIAS
09/04/2015 22:03 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

O segredo do Google para contratar os melhores profissionais

Reuters

Admirado por seu ambiente "descontraído", salários atrativos e benefícios incomuns, o Google é uma das companhias mais cobiçadas pelos profissionais em todo o mundo. Não à toa, cada vaga é disputadíssima e muitos tentam entender a lógica de seu processo de seleção e por que usar perguntas sem sentido como “quantas bolas de golfe cabem em um 747?"

À revista Wired, o vice-presidente de Recursos Humanos do Google, Laszlo Bock, afirma que problemas impossíveis de responder, na verdade, tentam captar algumas habilidades dos candidatos, como resolver problemas e lidar com certas situação. "Nós fazemos o que a ciência diz: combinamos entrevistas estruturadas comportamentais e situacionais com avaliações da capacidade cognitiva, conscienciosa e liderança."

Isso é, a ideia é tentar prever como será a performance do candidato no trabalho. Para isso, também são realizados testes sobre uma situação normal de trabalho. Para avaliar a capacidade cognitiva, o profissional também tem que responder questionários. Neste questionário, também são colocadas perguntas comportamentais e situacionais, como "o que você faria se..." ou "me diga uma vez que você deixou sua equipe mais motivada".

Além de bons recrutadores, o Google investe em tecnologia. Para facilitar o processo de contratação, a empresa disponibiliza um sistema chamad qDroid, no qual é possível buscar o cargo a ser preenchido, escolher as características comportamentais e técnicas exigidas e automaticamente um questionário será criado para aquela vaga e enviado por e-mail.

Apesar de parecer fácil, Bock conta que é bem complicado e poucas companhias não o fazem - não porque não têm dinheiro, mas porque não investem na área de RH.

Depois de avaliar os candidatos e suas qualidades cognitivas, comportamentais e situacionais, os recrutadores do Google têm outra tarefa: fazer os candidatos se apaixonarem pela empresa.

"Lembre-se também que você não quer apenas avaliar o candidato. Você quer que ele se apaixone. Sério. Você quer que ele tenha uma grande experiência, tenha suas preocupações confortadas e saia com o sentimento que tiveram o melhor dia de suas vidas. Sempre vale a pena investir tempo para garantir que eles se sintam bem, porque eles vão dizer às outras pessoas sobre sua experiência."