NOTÍCIAS
17/03/2015 21:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:13 -02

Eduardo Suplicy defende moradores de rua e discute com policiais militares

O ex-senador e agora secretário de Direitos Humanos da prefeitura de São Paulo, Eduardo Suplicy, quase se meteu em uma confusão com policiais militares nessa terça-feira (17), segundo relato do SpressoSP.

Conhecido por intervir em situações cotidianas nas quais acredita haver abuso, o senador tentou parar uma abordagem que seria violenta a dois moradores de rua que estariam brigando. O ocorrido se passou de manhã, quando Suplicy voltava da base do programa "Braços Abertos" e presenciou a abordagem policial no Páteo do Colégio.

Segundo a assessoria do secretário, que o acompanhava no momento do ocorrido, Suplicy tentou defender os homens diante da violência com a qual os PMs estariam agindo.

No vídeo acima, feito pelo ImprenÇa, é possível ouvir o ex-senador tentando argumentar com os policiais de que não quer ver os dois moradores de rua machucados. “Sou o secretário de Direitos Humanos, vocês não vão fazer isso na minha frente”, disse ele, segundo a assessoria.

Mesmo com a intervenção de Suplicy, os dois moradores de rua acabaram presos e levados o 1º Distrito Policial.


LEIA MAIS

- ASSISTA: PM de Goiás chama petistas de ‘ladrões' e sugere ‘luta armada'

- Assassinatos cometidos pela polícia no Brasil: 'Eu paguei a bala que matou meu neto'

- PMs que arrastaram mulher baleada no Rio são denunciados à Justiça