MULHERES
04/03/2015 15:18 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:12 -02

#JuntasContraVazamentos: vídeo que "vazou" da Sabrina Sato é campanha da Always (VIDEO)

Você deve estar se perguntando até agora se o vídeo da Sabrina Sato que "vazou" ontem nas redes sociais era verdadeiro.

E a resposta é não. Na verdade, o vídeo pertence a uma campanha publicitária da marca de absorventes Always em parceria com a ONG Safernet, que busca a conscientização sobre a divulgação indevida de material íntimo na internet e em dispositivos móveis.

Nas imagens do vídeo que foi divulgado ontem, terça-feira (3), feitas por uma câmera de celular, a apresentadora aparece seminua levantando da cama no quarto de um hotel e caminhando em direção a outro cômodo. A impressão é que o vídeo, feito pelo acompanhante de Sabrina, foi publicado na internet sem o consentimento da moça, prática condenável que vem crescendo a cada ano.

Assista ao vídeo:


Em 2014, o maior número de casos atendidos pela Safernet envolveu vazamentos de imagens íntimas. Em dois anos, o número de casos atendidos cresceu 200%, sendo que 81% das vítimas são mulheres.

A campanha também traz outros vídeos com depoimentos de garotas que sofreram este tipo de invasão e um depoimento da ONG. Assista abaixo:




Mas a campanha causou estranhamento nas redes sociais e ficou a tarde toda desta quarta-feira (5) nos trending toppics do Twitter. A associação do vazamento de fotos à menstruação foi criticada e também o fato de que não é "não mandar" as fotos que soluciona o problema, como aconselha a Safernet em um de seus anúncios.


ATUALIZAÇÃO:

Mais tarde, o BuzzFeed Brasil fez uma matéria explicando porque a campanha da Always não é tão legal assim. O fato de que a Safernet, parceira da marca, chegou a publicar a dica “se você não quer que suas fotos e vídeos sejam expostos, evite enviá-los para outras pessoas” no site da campanha e fazer a comparação esquisita de dois sentidos da palavra “vazamento” são dois pontos levantados por eles. Leia a matéria completa clicando aqui.

LEIA MAIS:

- 'O corpo é meu. A decisão de mostrar ou não deveria ser minha'

- "O cara que divulgou as fotos tá errado, mas ninguém manda tirar foto pelada!"

- "Você ainda tem o direito de ficar nua para si mesma ou para quem você quiser"