NOTÍCIAS
19/02/2015 19:51 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02

Balanço da PRF mostra que índice de acidentes, mortos e feridos nas estradas no Carnaval é o menor em oito anos

Paulo Assis/Estadão Conteúdo

Em oito anos, os índices de acidentes, mortos e feridos foram os menores registrados no feriado de Carnaval nas estradas federais. O balanço divulgado nesta quinta-feira (19) pela Polícia Rodoviária Federal mostra ainda que o órgão atendeu 31,7 acidentes para cada milhão de veículos em circulação. Eles resultaram em 1,37 mortos para cada grupo de um milhão de veículos e 20,4 feridos por milhão.

Os índices apontam uma redução de 22% na quantidade de acidente, 28% na taxa de mortos e 18% na taxa de feridos. Nos cinco dias de feriado prolongado foram registrados 2.785 acidentes, 120 mortos e 1.786 feridos nas rodovias federais. De acordo com a PRF, a queda nos índices se deve principalmente ao aumento na fiscalização.

No ano passado, foram feitos 69,2 mil testes do “bafômetro”. Neste ano, foram 85 mil. Do total, 372 resultaram na prisão do condutor e 2.006 foram autuados, com uma multa de R$1.915, 40, o recolhimento da habilitação e a retenção do veículo. "A cada quatro minutos e meio um motorista que dirigia alcoolizado nas BRs foi retirado de circulação", ressalta o balanço.

O tipo de acidente que mais provocou mortes foi a colisão fontral, causada, na maioria das vezes, pelas ultrapassagens mal realizadas. O acidente com mais vítimas fatais ocorreu na BR 020, em um trecho que corta o Distrito Federal. Um veículo que fugia da fiscalização invadiu a pista contrária, bateu de frente com outro automóvel e causou a morte de seis pessoas.