NOTÍCIAS
23/01/2015 17:44 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

Lei da Paraíba classifica vaquejada como esporte e causa revolta nas redes sociais

Creative Commons

Prática tradicional no Nordeste, a vaquejada foi classificada como 'esporte' após lei de autoria do deputado Doda de Tião (PTB) ser sancionada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Ricardo Marcelo, esta semana.

Na vaquejada, dois homens a cavalo perseguem e encurralam um boi. Depois eles puxam o animal pela cauda até atingir o objetivo final: atravessar a linha marcada na pista e derrubá-lo no chão.

A aprovação permite realizar campeonatos e torneios oficiais. Ativistas dos direitos animais consideraram a lei um retrocesso por conta dos danos que a atividade pode causar aos animais.

A apresentadora e ativista Luisa Mell se manifestou e atraiu ainda mais atenção ao caso.


Segundo o site Paraíba Alerta, a Associação de Proteção Animal Amigo Bicho (APAAB), que atua na Paraíba, entrará com ação na Justiça contra a aprovação da lei. Eles também se manifestaram nas redes sociais.


Por outro lado, grupos praticantes da atividade comemoraram a medida, já que consideram a vaquejada uma parte importante da cultura nordestina.


Veja como funciona a competição: