NOTÍCIAS
23/01/2015 17:34 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:46 -02

Brasil gera 396 mil vagas em 2014 e tem o pior resultado em 12 anos

TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO

O Brasil gerou 396.993 empregos formais ao longo de 2014, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados nesta sexta-feira (23) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Apesar de positivo, o resultado é o pior registrado desde 2002. Foram gerados 21.667.730 postos, contra 21.270.737 desligamentos, resultando em um saldo positivo de 396.993, um terço do ano anterior.

A criação de vagas ficou bem abaixo da expectativa do ministro do Trabalho, Manoel Dias, que tinha reafirmado em setembro a projeção de um milhão de empregos para 2014. Segundo ele, esse valor seria atingido "tranquilamente".

Em dezembro, o número de demissões ficou acima das contratações, totalizando 555.508 postos fechados. No mesmo mês de 2013, foram 449.444 vagas fechadas.

No ano, quatro dos oito setores elevaram o nível de emprego. O destaque ficou por conta do setor de Serviços, com saldo positivo de 476.108 vagas, seguido pelo Comércio (+180.814 postos) e pela Administração Pública (+8.257 postos).

Na outra ponta, os setores que demitiram mais que admitiram foram: Indústria de Transformação (-163.817), Construção Civil (-106.476), Extrativa Mineral (-2.348) e Agropecuária (-370).

Por estados, São Paulo lidera entre os que mais demitiram ao longo do ano. Foram mais de 530 mil demissões contra 345 mil admissões, resultando em 185 mil postos fechados.

(Com informações do Estadão Conteúdo)

Veja a lista dos estados que mais demitiram no ano:

Os estados que mais demitiram em 2014

Curta a gente no Facebook |
Siga a gente no Twitter

LEIA TAMBÉM:

- Facebook está com 18 vagas abertas para seu escritório em São Paulo; veja como se inscrever

- Saiba como preparar um bom currículo na melhor época do ano para conseguir um emprego