NOTÍCIAS
13/01/2015 12:11 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Sob clima de comoção, judeus mortos em ataque contra mercado em Paris são enterrados em Jerusalém (FOTOS)

Reuters

Serão enterrados nesta terça-feira (13) os quatro judeus mortos no ataque a um mercado kosher, em Paris.

Os corpos de Yoav Hattab, Franois-Michel Saada, Yohan Cohen e Phillipe Braham foram levados para Israel, e serão enterrados em Jerusalém.

Eles morreram quando Amedy Coulibaly invadiu um mercado kosher, na periferia de Paris, e fez vários reféns no estabelecimento, na última sexta-feira (9). Na véspera, Coulibaly matou uma policial.

O atirador foi morto pela polícia, após horas de cerco em torno do estabelecimento.

Na França, os policiais Ahmed Merabet, 40, Franck Brinsolaro, 49, mortos durante o ataque à revista Charlie Hebdo e Clarissa Jean-Philippe, morta em Montrouge durante a onda de ataques foram homenageados pelo presidente François Hollande.

  • AP Photo/Oded Balilty
    Mãe de Yoav Hattab, um dos reféns mortos dentro de mercado em Paris é confortada durante procissão perto de Tel Aviv, em Israel. As quatro vítimas fatais do ataque serão enterradas em Jerusalém
  • AP Photo/Oded Balilty
    Familiares e parentes de Yoav Hattab, uma as vítimas do atirador que invadiu um mercado kosher em Paris durante cerimônias fúnebres, em Israel
  • REUTERS/Baz Ratner
    Multidão em Israel acompanha enterro dos judeus mortos em ataque contra mercado kosher em Paris. Cartaz diz "eu estou morto porque sou judeu"
  • AP Photo/Oded Balilty
    As quatro vítimas fatais do atirador que invadiu um mercado em Paris na última quinta-feira (8) serão enterradas em Israel nesta terça (13)
  • REUTERS/Nir Kafri
    Fotografia de Yoav Hattab, morto no ataque a um mercado kosher em Paris é exposta durante procissão perto de Tel Aviv antes de seu enterro
  • REUTERS/Baz Ratner
    Mulheres choram durante enterro das quatro vítimas fatais de ataque a mercado kosher em Paris. Os quatro homens serão enterrados em Jerusalém
  • AP Photo/Jim Hollander, Pool
    Premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, participou da cerimônia

Curta a gente no Facebook |
Siga a gente no Twitter

LEIA TAMBÉM

- Terror em Paris: ataque a revista satírica deixa mortos e feridos

- FOTOS: O atentado em Paris

- Quatro cartunistas estão entre os mortos no ataque em Paris

- Charlie Hebdo, revista que está no centro do atentado na França, já havia sofrido atentado em 2011